CARTA PASTORAL

Sobre a Besta e o Falso Messias – I
by Rabbi-Moréh; Dr. JOSÉ PAZ E SILVA(Yosef Avshalom)




AMADOS IRMAOS EM NOSSO ADOM YAHSHUA: SHALOM!

Tenham cuidado, amados, com os ensinos e interpretacóes das Escrituras Kadoshim que circulam pelos websites da Internet. Que tonitroam nos púlpitos. Verbalizam-se apressadamente em classes e assembléias dominicais. E escrevem em periódicos e outros meios especializados em Teologia e Ciéncia misturada com Teologia.
Considerem, irmáos, ao ler ou ouvir certos ensinamentos, antes de tudo, que, em nossa cultura israelita-judaica, já sabemos e fomos advertidos sobre isso, faz séculos. No final do OLAM HAZÉ (o mundo atual), precisamente nos AHARIT-YAMIM (últimos dias, dias finais), nossos sábios ensinavam nos Talmudes que esses dias seriam caracterizados também como dias de guerra apologética. Além da imoralidade dos dias de Noé e da Grande Apostasia, a que se referiram Yahsúa HaMashia e o Emissário Shaul/Paulo. UMA GUERRA IDEOLOGICA ENTRE OS QUE GUARDAM A TORAH E AQUELES QUE SE GUIAM PELOS VALORES, NORMAS E COSTUMES DA SOCIEDADE SECULAR ASSOACIADOS COM AQUELOUTROS QUE SEGUEM AS DOUTRINAS DOS SISTEMAS RELIGIOSOS ORGANIZADOS PELOS HOMENS QUE RECHACAM A TORAH. Uma guerra entre guardadores versus rechacadores da Torah de YAHVEH ELOHIM TZAVAOT!
Nesse teatro de guerra, para complicar a percepcáo dos contrincantes, teólogos cristáos – todos eles pertencentas ao sistema religioso organizados pelos homens, que se chama a si mesmo de ekklesia. Eles estáo sacando fundo do baú as velhas armas das lutas apologéticas – lutas típicas de protestantes/evangélicos versus católicos romanos -, e se metendo, eles mesmos, por puro sentimento antisemitico que advem de suas doutrinas. E se metem em todos os flancos com uma variedade impressionante de temas. As exposicóes didáticas desses temas lhes dáo um tom “profético” e “apocalíptico”. Mas a temática dominante desses guerreiros teólogos vem quase sempre da Escatologia, a ciencia teológica cristá que trata das últimas coisas ou do final dos tempos.
Pelas costas, cuidado irmáos!, vém os judeus tradicionais se metendo, nos campos dessa guerra, para fazer regressas ao seu redil os incautos e matar eternamente as almas dos que colocam sua confianca/Emuná no sangue remidor de Yahshua. E de dentro do proprio rebanho messiánico vem os Messiánicos tradicionais, com táticas e estratégias e golpes aparantemente fatais de pretensa erudicáo Escritural, como esse tal de “Erro Efraimita” que circulou nos e-mails do Brasil faz pouco tempo. O alvo de toda essa luta-producáo-debate-teolólogico: o ensino e a interpretacáo nazarena messiánica das Escrituras Kadoshim. Ele, o alvo ou o objetivo, aparece de modo claro e taxativo e, ás vézes, oculto, inerente, implicante, tendencial e insinuante. Como se o autor golpeasse o ar, brincando de “cabra cego”, mas sempre buscando as caras dos nazarenos messiánicos, seja, os seus ensinamentos.
É um exemplo, ai no Brasil, entre os guerreiros teólogos cristáos, o Wim Malgo do “Ministerio Chamada da Meia Noite”, um nome Escrituralmente rizível para um ministério “profético”(Mattitya/Mat.,25:1-13,25:6). Malgo, dentre vários livros “apocalipticos” publicou, ai, no Brasil, um de nome aterrador que dava calafrios e tremeliques na espinha da gente: “Fogo Atómico no Oriente Médio” (!!!), vrrruuuhhh!
Nesse livrinho superquente e radioativo – nitroglicerina pura!, para náo dizer uránio -, ele defende com unhas e dentes o povo de Israel. Náo obstante, para nossa surpresa, defende assim, sem vé nem prá qué, como regra e principio básico, um ensinamento do Talmude que vai aquí em suas próprios palavras assim: “A guerra contra Israel é considerada (no Talmude, acréscimo nosso) como princípio da redencáo”(sic, pg. 36).
Redencáo de que e de quem? – um leitor se pergunta. E já, nosso “profeta Malgo”, defensor radical de Israel, baseado no texto de Romanos 8:19-23, nos explica: “Todo o ambiente, sim, toda a criacáo, aguarda a nossa revelacáo com Jesus Cristo na glória (sic, pg. 37). “Essas plavras (as de Romanos 8:19-23, lembrete nosso) contém uma grandiosa promessa! Depois que, como igreja de Jesus, tivermos sido arrebatados, transfigurados e glorificados com o Cordeiro de Deus, e voltarmos com Ele em grande poder e glória, comecará o reino de paz milenar, que será indescritivelmente grandioso e maravilhoso, o que agora já é esperado por toda a criacáo, para ser transformada!”(pgs. 37 e 38).
Mais adiante, no fogo atómico, Malgo lista e descreve cada um dos inimigos de entáo, que sáo os mesmissimos inimigos de hoje, de Israel, como os :sirios, libios, jordanianos, árabes-sauditas, libaneses, egípcios, árabes-ismaelitas, turcos, soviéticos e alemáes.
Quando Malgo escreveu o fogo atómico, o mundo vivia a “Guerra Fria”. A “Guerra Fria” era uma espécie de tensáo politica estratégica e artificial entre as nacóes baseada na expectativa de uma guerra nuclear de verdade, no mundo. Um guerra do faz de conta! Cuja expectativa, que tremia os coracóes dos seres humanos e lhes dava tremenda angústia era a de que a guerra de verdade podia irromper a qualquer momento, qualquer hora, qualquer minuto, qualquer segundo, com um baita foguete nuclear, trprufffttt!, caindo em cima da cabeca de qualquer cidadáo, em qualquer cidade do mundo. Essa guerra se dava entre as nacóes do Ocidente lideradas pelos Estados Unidos e as nacóes do Pacto de Varsóvia (comunistas) lideradas pela Uniáo Soviética. Neste quadro, todos os inimigos de Israel eram financiados e insuflados pela Uniáo Soviética. Estamos, no fogo atómico do Wim Malgo, vivendo o ano de 1981, ai quase um pouquinho mais da metade da Guerra Fria.
Nesse quadro também, Malgo “profetiza” que a grande ameaca contra Israel comeca com a uniáo da Alemanha comunista com a Uniáo Soviética, que resultará necessariamente na Guerra Nuclear táo temida por todos os povos da terra.Essa uniáo já existia de fato, desde quando, depois da Segunda Guerra mundial, terminada em 1945, a Uniáo Soviética se apossara de uma parte da Alemanha, que era a Alemanha Oriental ou Comunista. Guerra Nuclear final era o bicho papáo dessa fria e calculista guerra do faz de conta! Ou seja, se a Uniáo Soviética era quem financiava e insuflava todas essas nacóes contra Israel, o nosso “profeta” entáo está “profetizando” sobre o óbvio ululante! Qual? Guerra nuclear contra Israel e por causa de Israel! Israel, Israel, Israel!!! Náo contra os Estados Unidos ou a Uniáo Soviética, como se esperava e temia.
Agora, irmáosinhos, pensem, ao responder a primeira questáo: “a redencáo de que e de quem?” A redencáo de Israel? Náaaooo!, absolutamente náo!
Pela inferéncia da lógica aristotélica (do filósofo grego Aristóteles) e cartesiana (do filósofo francés René Descartes) usada pelo Malgo, e por todos os teólogos, para interpretar os acontecimentos mundiais e as Escrituras Kadoshim: é a redencáo, náo dos israelitas-judeus, mas sim dos crentes do sistema eclesiástico chamado igreja/eklesia! (pag. 38) Estes crentes, quando o fogo atómico cair de fato no Oriente Medio e, portanto, em cima de Israel, seráo arrebatados para o céu. No céu seráo transformados, transfigurados (como o tal Jesus deles que pretensamente se transfigurou no Monte da Transfiguracáo), glorificados e, passada essa Grande Tribulacáo, viráo com o tal Jesus reinar no Reino Milenar de que fala Apocalipse 20:1-14.
E que acontecerá com os israelitas-judeus e a Nacáo de Israel?
Claro, irmáos, ficaráo na terra, debaixo do fogo atómico no Oriente Médio!!! Metidos na Grande Tribulacáo!. Por que? Ora, irmáos, por nada. Apenas por puro antisemitismo! Antisemitismo oculto nessa doutrina cristá! E também porque, se o sistema eclesiástico chamado igreja/eklesia, substituiu Israel, como o faz em sua “teologia da substituicáo”, sendo agora o “verdadeiro Israel de Deus”, que pode restar para os teimosos israaelitas-judeus que se reorganizaram como Nacáo em 1948? Porrada e fogo atómico do Wim Malgo no Oriente Medio!!! Além de quase 2 mil anos de perseguicáo, escravizacáo, destruicáo e morte no exílio em todas as nacóes da terra? Sim, o que foi muito pouco para quem matou o tal Jesus, segundo se incutiram esses teólogos! E que, por esse crime, os judeus e israelitas foram amaldicoados, dispersos pela face da terra e substituidos pelos cristáos, como o “verdadeiro Israel desse tal Deus”. Arrreee, amor cristáo por Isarael!!!
Agora, irmáos, eu duvido que um desses teólogos encontre, em todo o Brit Hadashah/Novo Testamento, uma só passagem, ou um só versículozinho, ou meio versículo, ou uma virgula ou um ponto, mesmo um ponto-e-vírgula, ou mesmo uma ilacáo, uma alusáo, uma insinuacáo, que prove e que mostre que um judeu ou um israelita matou esse tal Jesus deles! Eu lanco um repto a qualquer teólogo cristáo para que me prove, com informacóes Escriturais, que qualquer judeu ou israelita matou a essa tal Jesus deles. Vamos, senhores!!! Eu até mesmo lhes pago, senhores, com o dízimo que vocés, ilegalmente e sem autorizacao divina, cobram dos crentes do seu sistema eclesiástico chamado ekklesia! Claro, para que me provem essa tese. Dizimo!, dízimo!, meu dízimo por uma prova!!! A até me atrevo a dar-lhes uma dica: Mattitya/Mateus, 23:34-36; Lucas, 11:47-51; Lucas, 23:34.
(Aliás, a reorganizacáo de Israel como Nacáo, a partir de 1948, depois de quase dois mil anos de exílio dos israelitas-judeus por todas as nacóes da terra, é um baita e terrível problema para a cabeca do Cristianismo! Como explicar agora, para toda a humanidade, que o “Cristianismo é o verdadeiro Israel de Deus” com o Israel de Elohim ai, forte, lutando, e milagrosamente se restaurando, cumprindo todas as antigas profecias dos Profetas de YAHVEH e, sobretudo, cumprindo Suas promessas dadas nessas profecias? Quem mentiu para a humanidade toda, milhóes de seres humanos, ao longo da História, desde o Concilio de Niceia em 325 d.C, o Cristianismo ou o Elohim de Israel através das profecias antigas e profetas kadoshim? Agora, o que fazer diante dos fatos concretos, ou seja, diante da existencia concreta e real do Israel de Elohim ai, no Oriente Medio?
O Wim Malgo tem, no seu fogo atómico uma solucáo para esse dilema que é a de quase todos os crentes e teólogos do Cristianismo: os cristáos sobem para os céus onde seráo revestido de poder e voltaráo para governar a terra com o seu tal Jesus, inclusive governar os israelitas-judeus. E surpreeesaaa!, governaráo também os norteamericanos e soviéticos! (Uma solucáo de trancoso, se diria ai na linguagem popular do Piaui!)
Mas o texto Escritural de Romanos 8:19-23 náo é o que diz literalmente que a criacáo chora com dores de parto esperando o grande dia da redencáo pelo arrebatamento para os céus dos crentes e a volta deles em glória e poder para reinar com o tal Jesus?
Náo, meu irmáo. Náo é náo e náo diz náo! Vamos ler, meus amados, a traducáo kadosh, isto é, cosher, limpa, pura, sem tergiversacóes de Romanos 8:19-23. Veja:
“A criacáo espera ansiosamente a revelacáo dos filhos de YAHVEH, porque ela foi submetida a frustracáo, náo de bom gosto, senáo pelo gosto do quem a submeteu. Porem lhe foi dada uma esperanca confiável, a de que ela será libertada da corrupcáo que a escraviza e desfrutará a liberdade, acompanhando a glória que os filhos de YAHVEH teráo. Sabemos que até agora toda a criacáo geme como se estivesse com dores de parto, e náo somente ela, senáo nós mesmos que temos as primícias do Espirito gememos interiormente enquanto esperamos ansiosamente que sejamos feitos filhos, ISTO É, QUE TENHAMOS NOSSOS CORPOS INTEIROS REDIMIDOS E POSTOS EM LIBERDADE” (TANAK/Velho Testamento e BRIT HADASHAH/Novo Testamento -Traducáo Kadosh Israelita Messiánica, em andamento, por José Paz e Silva)
O texto SOMENTE nos fala: 1) que até a criacáo espera ansiosamente a revelacáo dos filhos de YAHVEH; 2) que até a criacáo está submetida a corrupcáo, náo de vontade própria; 3) que, comparativamente, assim como a criacáo geme, como se estivesse com dores de parto, nós que temos as primicias do Espirito também gememos ansiosamente aguardando ainda nossa adocáo de filhos, que significa a redencáo dos nossos corpos. Que criacáo é essa? É tanto a velha como a nova criacáo. Ou seja - náo a Natureza ou o Universo! -, o homem velho proveniente de Adam e o homem novo proveniente do Messias/Mashiah. Leia:Ivrim/Hebreus, 9:27; Romanos, 5:12-21; Iyov/Jó, 1:21; Kohelet/Eclesiastes, 12:7; Yohanan/Joáo, 6:37-40; 11:24_26; I Corintios, 15:12-54; II Corintios, 5:17. Que se passa com essa criacáo? Está escravizada pela corrupcáo que provem da morte! Onde se fala aquí, literal ou ocultamente, ou por insinuacáo, ou por ilacáo, de arrebatamento para os céus? E por que o Wim Malgo diz isso ai?
Ah, meus irmáos, é por causa do método lógico ristotélico-cartesiano pelo qual os homens organizam “os pensamentos dos homens” e por causa da doutrina diabólica do arrebatamento que ele defende junto com a maioria do Cristianismo. E ele faz assim: agarra a sua doutrina do arrebatamento como uma tese, ou seja uma explicacao prévia e provisória de um fato para ser confirmada com a realidade concreta. Depois, em vez de confirmar essa tese com a Escritura Kadosh, ele “amarra” nela, poe sobre ela – como se fosse o seu chapéu num cabide -, constroi sobre ela, a sua doutrina através de uma “inferéncia logica”. O que é isso, inferéncia lógica?
Vamos explicar por um exemplo: A é igual a B e B é igual a C, logo a “inferéncia” é A é igual a C, e A,B,C sáo iguais entre si. A inferéncia é uma nocáo que está oculta, por baixo, de forma exotérica, na relacáo entre, pelo menos, dois fatos, ou mais de dois fatos. Como faz o Wim Malgo? Veja: a tese-doutrina do arrebatamento(A) é comparada com o texto de Romanos 8:19-23(B) e se torna igual a ele. A igual a B. Mas aquí, nosso Malgo tergiversa e falsifica a “lógica”, até contrariamente aos cientistas que náo fazem isso. Em vez de ele comparar com um segundo texto Escritural (C) e vé se se iguala a esse texto, ele parte direto para uma “inferéncia”, qual seja a de que o texto confirma (C) a sua tese-doutrina do arrebatamento dos crentes para o céu! Tambem ele despreza as regras da Hermeneutica cristá, as de que um texto se explica pelo seu contexto, que pode ser contexto próximo ou contexto distante, em relacáo ao texto tomado para estudo. E desconhece completamente o própio método de interpretacáo, dado por Elohim, dentro das Escrituras Kadoshim. Desconhece o método, dado pelo próprio Elohim dentre de Suas Escrituras Reveladas,o PaRDeS, segundo o qual se entende os “pensamentos de Elohim” ( Yeshayah/Is., 55:8-11; I Corintios, 2:10-16. 2:13).
(Uiiiii!, essa “ciencia teológica”, a Hermeneutica, se refere originalmente ao modo de interpretar as palavras do demónio grego chamado Hermes!).
Por essas e outras, Karl Poper, cientista famoso, declarou em seu livro, “A Lógica da Pesquisa”, em suas notas introdutórias, que “ a Teologia é a maior prova da falta de fé!” A Teologia cristá, naturalmente!
É mais: tudo o que “profetizou” Wim Malgo sobre a Uniáo Soviética e a República Democrática de Alemanha-RDA (Alemanha comunista), como foguete atómico náo explodido, caiu por terra. É que essas duas nacóes se auto-desfizeram dez anos depois!. Sumiram do mapa mundial como que por encanto!
Bem, agora, comparativamente ao Wim Malgo, lhes quero chamar a atencáo para um tal pastor-teólogo, chamado Tito Martinez (Martinez, um sobrenome de judeu de Espanha, segundo pesquisas em minhas máos), de Espanha, Madrid, de que denominacáo eu náo sei. Sei, apenas, de seu livreto “Las 21 Tesis de la Verdadera Doctrina del Mesias”. Que vocé pode baixar do seguinte website, ai no Brasil:
http://gruoups.msn.com/DOCTRINACRISTIANA/las 21tesisdelaverdaderadoctrinacristiana.msnw
Uma das 21 teses: “!!La Bestia y el Falso Profeta ya estan en el mundo!!” (A Besta e o Falso Profeta já estáo no mundo!). Sua linguagem é “wimmalguiana”, ou seja “profética” e “apocalíptica”. E apresenta uma diferenca notável, relacionada a Wim Malgo e a sua “escola teológica”.Ele, o Martinez, se diz e diz dos crentes de sua igreja/eklesia, que sáo “os santos, é dizer, … os verdadeiros messiánicos ou cristáos bíblicos”(sic).
A diferencia notável em relacáo ao Wim Malgo é que ele combate o que chama de “Pretribulacionismo”, dizendo: “…milhóes de cristáos e messiánicos estáo completamente cegos ante este cumprimento da profecia bíblica! Por que? Porque eles tem sido terrivelmente enganados com uma doutrina diabólica por excelencia: o Pretribulacionismo. Milhóes de “cristáos evangélicos” tem sido enganados por uma multidáo de falsos mestres vindos dos Estados Unidos. Esses enganadores pregam que a Igreja ou Congregacáo de Deus será raptada ao céu ANTES da vinda do Anti-Cristo (anti-Messias), lhes tem feito que creem que os cristáos náo estaráo na terra durante esses 42 meses do governo mundial da besta. Por isso é que agora eles náo creem que a besta é o Senhor 666, senáo uma espécie de chifrado. A profecia biblica ensina de forma muito clara que os santos da Eklesia ou a Congregacáo do Messias estaráo na terra durante o governo mundial da besta (Ap. 13:7, 12:17, 17:6, 20:4)”
O que o espanhol Martinez está dizendo aquí é para justificar a sua tese sobre a Besta e o Falso Profeta, que é a seguinte nas palavras dele mesmo: “Quando o apóstolo Shaúl (Paulo) falou do templo de Deus, sempre se refería a Cristandade (I Cor., 3:16, II Cor. 6:16). Portanto, quando Shaúl (Paulo) disse que o homem do pecado se sentaria no templo de Deus, fazendo-se passar por Deus, estava dizendo que dito homem se instalaria na Cristandade, usurpando o lugar do Messias como o único cabeca da Eklesia. Agora bem, resulta que o Apocalipse também chama de TEMPLO DE DEUS AO TEMPLO JUDEU DE JERUSALEM!(Ap. 11:2), portanto, o homem de pecado, o Papa (que náo devemos confundir com a primeira Besta) TAMBEM SE INTALARÁ EM UM FUTURO TEMPLO JUDEU RECONSTRUIDO EM JERUSALÉM, fazendo-se passar por Deus. Este homem de pecado e o FALSO PROFETA, a segunda Besta mencionada no Apocalipse, e ele fará que todo o mundo adore ao maior falso messias da História: a primeira Besta. Por essa razáo, em um futuro próximo a sede papal será trasladada de Roma a Jerusalém, e a partir desta cidade a Besta, o Imperador da Uniáo Européia, e seu aliado, o Papa (o Falso Profeta) governaráo o mundo durante 42 meses (Ap. 13:5) e faráo a guerra aos santos (Ap. 13:7). Recordemos que o objetivo do Papado romano é GOVERNAR O MUNDO A PARTIR DE JERUSALEM, e que todos se submetam a ele. O último Papa da Igreja Católica NAO REINARÁ NO VATICANO, senáo em um Templo reconstruído em Jerusalém, o qual se converterá na Sede de uma Religiáo Mundial Satánica de adoracao a Besta!!! Esse futuro Papa seduzirá a todos os líderes das principais religióes e os submeterá debaixo do seu poder, reclamando a adoracáo universal, náo para a sua pessoa, mas para a Besta, que é o falso messias (Ap. 13:11-18)”
… “o projeto de dominacáo mundial já existe faz uns anos! E o criador desse Projeto absolutamente diabólico e antimessiánico pretende implantar esse perverso sistema de controle mundial quando chegue ao poder do Parlamento da Uniáo Européia. Ele planejou ganhar as eleicóes para a Presidencia da Uniáo Européia antes do ano 2013! Ele chama a esta Uniáo Européia de “O Novo Imperio Romano do Ocidente” e a partir desse poder europeu ele pretende governar o mundo inteiro com seu sistema baseado no número 666. Trata-se do latino dominicano MIGUEL ANGEL SOSA VASQUEZ (Michel Smiely), nacionalizado e residente na Suécia.”
(Atencáo, irmáos: vocé pode baixar o Projeto 666, em Espanhol, do seguinte website: http://www..the666.com )
Que dizer? Que o Martinez tem em comum com o Wim Malgo o mesmo tom “profético” e “apocalíptico”. Que, como Wim Malgo, ele usa a mesma lógica para interpretar as Escrituras e os acontecimentos do mundo. Que, singularmente, devido aos erros de interpretacáo Escritural que ele comete, e a sua total falta de conhecimento de terminologia kadosh, igual que Malgo, ele, incrivelmente, torna-se o maior propagandista do Senhor 666! Que, fora disso, já que confunde o significado das Bestas… quanta besteira e quanta besteirada juntos!!! Salve-se a sua boa intencáo, que tem levado a milhóes para o inferno. Um lugar espiritual cheio de bem-intencionados! Se se mostrasse as teses desse espanhol a um velho judeu, que eu conheci bem, ai, bem ai, em Teresina, nas barrancas do rio Parnaiba, a única reacáo que obteria era uma exclamacáo típica, em linguagem popular, desse velhinho: “Zé Bestáo!!!”
Vamos, a luz das Escrituras Kadoshim, examinar as “besteiradas”. 1) “SANTOS” ou santo náo é um termo Escritural. É pagáo e assim é usado pelo Catolicismo Romano. O termo Escritural é Kadoshim (plural) ou Kadosh (singular) e se refere aos que foram SEPARADOS pela acáo, eleicáo, adocáo, predestinacáo, chamado, justificacáo, de Elohim para serem Seus, através da uniáo com o Seu Filho Yahshua.(Romanos, 8:26-39). Como em Romanos 1:7: “A todos os que estáo em Roma, amados por YAHVEH, que foram chamados e tem sido separados(kedushah) para Ele”. Como em I Corintios, 1:2: “A Comunidade Messsiánica em Corinto, que consiste daqueles que foram separados (kedushah) pelo Mashiah Yahshua e chamados a ser povo kadosh de YAHVEH…”(TRAKIM, idem).
2)”VERDADEIROS MESSIANICOS OU CRISTÁOS BIBLICOS”. A alusáo ou “inferéncia” aquí, entre essas palavras do Martinez, é que os “VERDADEIROS MESSIANICOS SAO OS CRISTÁOS BIBLICOS”! Pura besteirada interpretativa! Sabem por que?
Primeiro, porque, em nenhum lugar do Birit Hadashah/Novo Testamento se fala de “cristáo”. No Tanak/Velho Testamento, nem pensar! Porque é historicamente impossível. Assim, muito menos se pode falar de “cristáo bíblico”!Ou seja, o termo “cristáo” náo está inserido no texto Escritural.
O único lugar que, pretensamente, nas traducóes tergiversadas das Escrituras feitas pelo Cristianismo, se fala que, pela primeira vez, os discípulos, náo do tal Jesus mas de Yahshua, foram chamados de “cristáos”, se de verdade falaram, se falou por boca de náo-judeus, baseados em Manuscritos gregos do Birit Hadashah. Mas, o Birit Hadashah, como Escrituras Kadoshim náo foi escrito originalmente em lingua grega mas sim em Hebraico. E, em Hebraico, a referencia a “cristáo”, no texto alegado, que é o de MaAseh Shlechim/Atos, 11:26, é uma falsificacáo, porque esse texto diz assim: “… Se reuniram com a Congregacáo durante um ano, e ensinaram a uma grande multidáo.Também foi em Antioquia que os talmidim foram chamados pela primeira vez de “Messiánicos”. Antes, em Israel e na Diáspora, eram chamados de “Nazarenos” e de “Os do Caminho” (Yohanan/Jo. 19:19; Atos, 2:22; 24:5; 9:2; 19:9; 22:4;24:14). E depois, porque, historicamente, só se pode falar de Cristianismo e, portanto, de “cristäo”, a partir do Concilio da Cidade de Nicéia. Nesta cidade e no ano de 325d.C, ou seja, , mais ou menos 300 anos depois do Messias Yahshua aparecer em Israel, é que o Imperador-teólogo Constantino, o “Pontifex Maximus” (máximo deus) do Imperio Romano decretou a implantacáo do Cristianismo como Religiáo Oficial do Imperio! E se fez também “Pontifex Maximus” (máximo deus) da Nova Religiáo Oficial do Império.
3) “CRISTÁOS BIBLICOS”. Como atribuir esse qualificativo “biblico” se o nome “cristáo” nem siquer aparece na Escritura, nem antes nem durante a redacáo do Birit Hadashah/Novo Testamento? Como atribuir esse qualificativo “biblico” se ele se refere ao demónio BIBLYOS da cidade do mesmo nome (em homenagem a ele) da Fenícia e se a própria Escritura se chama a Si mesma de DABAR (Palabra), TORAH (Instrucóes de vida), etc? Náo é uma blasfémia da parte de quem se diz um Mestre e “profeta” de Elohim. Será mesmo? Veja: “Presta atencáo a tudo que te disse; náo invoques os nomes de outros deuses e que, nem ainda, sejam escutados eles cruzando os teus lábios” (TRAKIM, idem, Shemot/Ex., 23:13).
4) “QUANDO PAULO FALOU SOBRE O TEMPLO DE DEUS SEMPRE SE REFERIA A CRISTANDADE”. Mentira, engano, confusáo, tergiversacáo, antisemitismo, pura falta de verdade, principalmente nos textos citados. Em I Corintio, 3:16: “Náo sabem que sáo Templo de YAHVEH, e o Ruaj HaKodesh vive em vocés? Portanto, se alguém destrói o Templo de YAHVEH; YAHVEH o destruirá porque o Templo de YAHVEH é Kadosh, e vocés mesmos sáo o Templo”. Aquí, neste verso, a referéncia é ao Tanak/Antigo Testamento, em remetz (alusáo, ilacáo ou comparacáo), quando em Yejetzkel/Ez., 37:14; Yoel/Joel, 3:1-5/2:28-32 – confirmado por Kefa/Pedro em Shavuot/Pentecostes, em MaAseh Shlechim/At. 2:17-31, 2:38-39 -, YAHVEH cumpriu Sua promessa, através de Yahshúa, de COLOCAR SEU ESPIRITO DENTRO DOS QUE CREEM. A quem Shaul se refere? Aos “cristáos”? A Cristandade? Jamais!!!
Refere-se a todo aquele, comecando pelos israelitas-judeus e, na segunda fila ou na mesma fila em segundo lugar, pelos náo-israelitas-judeus, ou GUERIM (estrangeiros) que se enquadram no sacrifício de reconciliacáo de Yahshua, como dito em Efesio 2: 1-19: “Vocés estavam mortos por seus pecadaos e atos de desobediencia, caminhavam nas sendas del OLAM HAZÉ e obedeciam ao governador dos Poderes do Ar, QUE TODAVIA ESTÁ ATUANDO NOS DESOBEDIENTES. É verdade, todos viviamos assim em um tempo recente, seguiamos as paixóes de nossa velha natureza e obedecíamos seus desejos e os de nossos pensamentos. Em nossa condicáo natural, estávamos no caminho que vai a ira de YAHVEH, tal como todos os demais estáo.
Porém YAHVEH é rico em misericórdia e nos ama com um amor táo intenso que Ele nos trouxe vida com o Mashiah, a pesar de que estavamos mortos por nossos atos de desobediencia; é pela graca que fomos salvos. Isto é, YAHVEH nos resuscitou com o Mashiah e nos assentou com Ele no céu, para mostrar nos tempos vindouros quáo infinitamente rica é a sua graca, por meio de confiar, de forma que isto vocés náo fizeram, pois foi um dom de YAHVEH. Náo foram salvos por suas próprias obras, portanto, ninguem debe jactar-se. Somos criacáo de YAHVEH, criados em uniáo com o Mashiah Yahsúa, para uma vida de boas obras de antemáo preparadas por YAHVEH, para que assim fizéssemos.
Portanto, lembrem-se do estado em que estavam antes: vocés, gentios de nascimento, chamados incircuncisos por aqueles que por uma simples operacáo na carne sáo chamados circuncisos, naquele tempo em que náo tinham o mashiah. Estavam SEPARADOS DA VIDA NACIONAL DE ISRAEL, ESTRANGEIROS AOS PACTOS QUE PERSONIFICAM A PROMESSA DE YAHVEH. Estavam, neste mundo, SEM ESPERANCA E SEM ELOHIM.
Porém agora Vocés, que estavam muito longe, foram aproximados por MEIO DO DERRAMAMENTO DO SANGUE DO MASHIAH. Porque Ele mesmo é nosso Shalom, ELE NOS FEZ A AMBOS OS POVOS UM e derrubou a mejitzah que nos dividia, destruindo em seu próprio corpo a inimizade provocada pela Torah com seus mandamentos, manifestada em forma de ordenanca. Ele fez isto, para CRIAR EM UNIÁO COM ELE MESMO DOS DOIS GRUPOS UMA HUMANIDADE RENOVADA, e entáo fazer Shalom. Para assim reconciliar para YAHVEH, ambos povos em um só corpo, sendo executado como um criminoso, e entáo matou em si mesmo essa inimizade.
Também, quando veio, Ele anunciou como Boas Noticias, Shalom a ti que está longe, e Shalom a aqueles que estáo perto, notícias que, por meio d´Ele, ambos os povos temos acesso em um Espirito ao Pai.
Assim que, entáo, já náo sáo estrangeiros nem desconhecidos. Pelo contrário, Vocés sáo CONCIDADÁOS com o povo de YAHVEH E MEMBROS DA MESMA FAMILIA DE YAHVEH. Vocés foram edificados sobre o fundamento dos Emissários e dos Profetas, com a pedra angular, sendo esta, Yahshúa HaMashiah mesmo. Em uniáo com Ele, o edificio completo se manterá de pé. Sim, em UNIÁO COM ELE, vocés estáo edificados juntos no lar espiritual de YAHVEH!” (TRAKIM, idem).
Amados irmáos, atentem bem para estas palavras transcritas de Efésios, que os teólogos cristáos tem passado por cima, motivados por suas doutrinas e falta de entendimento das Escrituras Kadoshim! Que querem elas dizer?
Resposta simples, direta, objetiva, sem figuras de linguagem, clara e sem besteiras: QUEM É DISCIPULO DE YASHUAH, VERDADEIRAMENTE CONVERTIDO A ELE, FAZ PARTE DA COMUNIDADE NACIONAL DE ISRAEL!!! Exatamente como CONCIDADÁO, um direito político e um dom espiritual!
Como uma pessoa goza desse privilégio, o de fazer parte da vida nacional de Israel pertencendo a Comunidade do Pacto (a KAHAL ou KEHYLAH e náo EKLESIA que é o nome da Assembléia Politica que governava as antigas cidades gregas): se ela despreza a Israel e se diz que sua organizacáo religiosa é que, de fato, é o verdadeiro Israel? Se ela rechaca a Torah, que é o Pacto e contém o Pacto de YAHVEH, sustentando que a Torah dada por YAHVEH a Moshe no Monte Sinai (Shemot/Ex., 19:1-20-21-22-23:1-11) FOI CRAVADA NA CRUZ DESSE TAL JESUS? Se ela é convertida e discípula de um messias chamado JESUS, filho de Deus/Zeus e náo do Messias de Israel, que tem por nome próprio o de YAHSHUA ou YAHOSHUA e é Filho de YAHVEH ELOHIM TZAVAOT? Se ela cré e sustenta, como o nosso Martinez, que o corpo de crentes ao qual pertence, a chamada Cristandade, tem um Templo quando, em verdade, esse Templo náo existe fisicamente e aquele templo a que o Martinez alude, que vai ser construido, PERTENCE A COMUNIDADE NACIONAL DE ISRAEL(Ez., 40, 41, 42, 43, 44:1-27)? Se ela cré, invoca, e chama ao Eterno Criador, e ao Seu Filho, náo pelos Seus nomes verdadeiros mas por nomes de demónios, como esse tal de “Deus” e esse tal de “Jesus”- o que vale por um xingamento ou uma blasfémia inominável? (Deus, traducáo de Zeus ao Portugués, que é o maioral dos demónios do Pantheon dos Gregos; e Jesus, fiho de Zeus que, a sua vez, é a traducáo do nome do demónio egípcio OSIRIS ou ISIS para o Grego, que dá IESOUS que, ao Portugués, por sua vez, dá Jesus).
É mais: como pode uma pessoa pertencer A COMUNIDADE NACIONAL DE ISRAEL, um direito garantido pelo derramamento do Sangue do Mashiah Yahsuah, se a esse direito acompanha uma série de deveres e a pessoa SE RECUSA A CUMPRIR ESSES DEVERES E QUER TOMAR ESSE DIREITO, EM DESOBEDIENCIA, NA MARRA, E NA MARRA DA SUA PROPRIA LEI? Como uma pessoa pode pertencer a Comunidade/KAHAL Nacional de Israel, se essa comunidade se rege por uma Constituicáo Nacional, que é o PACTO DA TORAH, e essa pessoa nega essa Constituicáo e, ainda por cima, a leva ao desprezo público, MENTINDO QUE O SEU MESSIAS A CRAVOU EM UMA CRUZ? Como?
O nosso Yahshúa Mashiah náo fez isso! Pelo contrário, ele recomendou a seus talmidim, que sáo os mesmos que se enquadram nas características de Efésios, 2:1-19, claramente, que cumprissem o Pacto de YAHVEH com o Seu Povo, que é a TORAH dada no Monte Sinai a Moshe, em Mattiyah/Mat., 5:17-20: “Náo penseis que vim abolir a Torah ou os Profetas. Vim, náo para abolir, mas para COMPLETAR. Sim, em verdade! Digo-lhes que até que passem o ceu e a terra, nem um yod nem uma virgula passaráo da Torah, náo ocorrerá até que tudo que tem de acontecer, aconteca. De modo que, qualquer um que desobedeca o menor destes mitzvot, e assim ensine a outras pessoas, será chamado o menor no Reino de YAHVEH. Porém qualquer um que os obedeca e assim ensine será chamado grande no Reino de YAHVEH. Porque lhes digo que se sua justicia náo é maior que a dos mestres da Torah e dos Perushim, de nenhum modo entraráo no Reino de YAHVEH” (TRAKIM, idem)

Por exemplo, quanto a alguns deveres, dentre muitos estabelecidos nessa Constituicáo, que é o Pacto da Torah de YAHVEH: o dever de fazer do Sábado um dia kadosh… e a pessoa, teimosamente, gaurda o Domingo, um dia consagrado ao deus Sol. O dever de guardar as Festas de Elohim YAHVEH (Vayicrah/Lev. 23:1ss) … e a pessoa guarda as festas das bruxas, o dia das máes, o natal, a festa dos reis, os dias dos santos, a semana santa, e tantas outras, todas fora do cadastro dos deveres passados por Elohim.
5) O outro texto citado pelo nosso Martinez, o de II Corintios, 6:16, diz: “Que acordo pode exisitir entre o templo de YAHVEH e os ídolos? Porque nós somos o templo de YAHVEH, como YAHVEH disse: eu morarei neles… e caminharei entre vocés, eu serei seu Elohim e eles seráo meu povo” (TRAKIM, idem). Esse texto fala, semelhantemente ao outro, do templo do corpo e náo do templo da Cristandade e , muito menos, do Templo de Jerusalém!
6) “APOCALIPSE TAMBEM CHAMA DE TEMPLO DE DEUS AO TEMPLO JUDEU DE JERUSALÉM!” Martinez, me parecendo demasiado confiado na ignorancia dos seus crentes, os da tal Cristandade, em verdade, forca a barra para criar um artificio interpretativo, aparentemente confuso e imperceptível, que é dizer, em inferencia lógica, ou entre as linhas,ou entre os dentes ou por baixo dos argumentos, que náo se pode negar que haverá um Templo Judeu, conforme Apocalipse 11:2. Que o “homem de pecado”, O FALSO PROFETA, o usurpador do lugar do messias cristáo, vai aparecer no meio da Cristandade sim, mas VAI GOVERNAR A PARTIR DO TEMPLO JUDEU EM JERUSALEM, O TEMPLO QUE SERÁ CONSTRUIDO, O TERCEIRO TEMPO. Boa, essa piada antisemítica, vindo de um descendente de judeus sefarditas, o nosso Martinez!!!
(Ao tempo que eu era rapazola, no Recife, alguns rapazes de classe media tinham por diversáo passar em frente da Sinagoga e provocar, á tardinha, alguns velhos rabinos assentados em cadeiras-de-balanco na calcada com um: Salam Malek! – em Arabe. Resposta, entre os dentes, do mais velhinho deles: Mamzéh!!! – em Hebraico (filho sem pai!). Um Mamzéh esse Martinez!, seguro que aquele velhinho, também sefardita, diria assim ao ler sua tese aqui!)
O templo a que se refere esse descendente de sefarditas náo é e nunca foi desse demónio grego! ORA, TEMPLO DE DEUS!, vade retro capiroto!(hasatan). Se bem que houve um tempo, ai pelos anos 168-164 a.M, quando os sirios-gregos dominaram Israel – o que motivou a libertacáo da Nacáo pela revolucáo dos Macabesh/Macabeus -, que eles profanaram o “Templo Judeu” e sacrificavam, diariamente, no lugar do Korban, uma …. porca a esse tal de Zeus/Deus! Mas, ao contrário, o Templo sempre foi e seguiu sendo de ELOHIM YAHVEH para Seu Povo Eleito/Am Segular, no meio do qual a Sua Presenca caminhava, com esse povo e náo com nehum outro. E o projeto arquitetónico ou modelo sempre foi igual ao que existe lá no céu. É só escrudinhar as Escrituras para confirmar se é verdade ou nao, irmáos!
Vamos escrudinhar! Em Shemot/Ex., 25:8: “YAHVEH disse a Moshe: “Tens que me fazer um Lugar Kadosh, para que Eu possa habitar entre elles. O farás conforme a tudo o que Eu te mostrar – o desenho do Tabernáculo e o desenho do mobiliário”(TRAKIM, idem). Era, inicialmente, o OHEL MOED, ou MIKDASH ou Tabernáculo do Encontro ou Tabernáculo de Reuniáo. E era para os israelitas-judeus!!!
Quarenta anos depois, Josué/Yahoshúa, sucessor de Moshe, depois de passar o rio Jordáo e conquistar a parte principal da “Terra Prometida”, instalou o Tabernáculo nessa terra (Yahoshua/Josué, 22:19).
Quando, mais ou menos uns 350 anos depois, os Filisteus, em guerra contra nosso povo, levaram para sua terra a Arca do Pacto, que fora levada do Tabernáculo que estava em Silo para o front, a frente de guerra, eles queriam, como se diz em linguagem politica de hoje, “desapropriar”e “desnacionalizar” o principal utensílio do Tabernáculo, a Arca. Dentro dela estava a Torah que Moshe, cumprindo determinacáo de YAHVEH, escreveu em duas tábuas de pedra. Por cima dela estava a Presenca Divina, em cima do Kaporeh (a tampa) entre os querubins. Para os Filisteus/Plistim o poder de Israel, que era o Poder do Elohim de Israel . Tomando-a como presa de guerra, os filisteus queriam ficar com esse poder para manter a dominacáo sobre Israel! LER, IRMAO: Sh´mu´el Alef/ I Sam., 4:1-5:1-12-6:1-21-7:1-11).
Todavia cometeram muitos erros e o primeiro deles foi colocar a Arca no Templo de Dagon, seu deus.Dagon era uma espécie de monstro-homem-peixe, cujo simbolo, o de um peixe, a Cristandade usa para representar o seu messias, esse tal aí de Jesus. No primeiro dia, Dagon amanheceu de cara no cháo. Os filisteus foram lá e puseram o demonio de cara em pé. Segundo dia, outra vez, tcham!, cara no cháo! Os filiesteus, teimaram e, trankkkk!, puseram o demonio de cara em pé segunda vez. Aí náo deu outra: encheu-se o copo da ira de YAHVEH! E YAHVEH, que abomina demónios e por isso náo reparte Sua Gloria com eles, foi lá e trannnchhh!, decapitou a cabeca e os bracos de Dagon e espalhou cabeca, tronco e membros da coisa pelo cháo! E mais: meteu-lhes a peste sobre os Filisteus e eles tiveram de devolver para nosso povo a Arca do Pacto. Arca, vejam bem, somente a Arca foi “renacionalizada” pela intervencáo de YAHVEH, que estava bastante enojado com o Seu povo, por causa de sua desobediéncia, por isso que o entregou nas máos dos filisteus.
E, num remate final, espécie de revanche, YAHVEH, depois dessa besteirada dos filisteus, entregou aos próprios nas máos de Israel, que foi libertado do seu jugo. Tudo por causa do erro, náo o primeiro, dos filisteus, mas do erro subjacente, exotérico, oculto e pretensioso deles: o de que o que YAHVEH dera a Seu Povo Elegido era deles também, por isso é que pensavam que podiam se apropriar (assaltar), sem permissáo do Dador Supremo, da Arca! Como quer fazer o filisteu Arafat de hoje e, como náo consegue, mete bomba nos judeus! O Cristianismo do Martinez e do Wim Malgo cometem o mesmo erro de “apropriacáo indébita”!
(Que quero provar com este escrudinhamento das Escrituras sobre o Templo, irmáos? Nada, provar nada. Quero simplesmente mostrar as evidencias das Escrituras e dos fatos de que TODA VEZ QUE UMA PESSOA OU UMA NACÁO OU UMA ORGANIZACÁO ECLESIÁSTICA QUER TOMAR AS COISAS QUE YAHVEH DEU A ISRAEL, ELA SE METE EM PROBLEMAS COM O PROPRIO YAHVEH. Mostrar que o nosso espanhol-sefardita está se metendo em problemas com seu “profetismo” e seu “apocalipsismo” sem base Escritural)
Pois bem, uns mais ou menos cem anos depois desse incidente, YAHVEH permitiu ao Rei Davi fazer um projeto de Templo fixo – e náo móvel como era o Ohel Moed -, que seu filho, Salomáo, construiu. Quatrocentos e oitenta sete anos depois que o povo foi tirado do Egipto pelo “braco estendido de YAHVEH”, Shlomó, meteu o Ohel Moed dentro, e inaugurou o Primeito Templo de YAHVEH em Jerusalém (Melahim Alef/I Reis, 61-38; 8:1-66). Por causa da desobediencia de Salomáo ao Pacto Especifico com Davi e sua familia e ao Pacto de YAHVEH (Melahim Alef/I Rs, 9:1-9; 11:9-13), o próprio YAHVEH rasgou a Israel em duas Casas: Israel do Norte ou Casa de Efraim e Yahudá ou Casa de Judá (Melhaim Alef/I Rs., 11:26-40; 12: 1-24) E quando Yaroveam/Jeroboáo, que ganhou a lideranca das 10 tribos do Norte, construiu altares e Templos(constituindo um Sacerdocio de náo Leviim e Kohanim, contrário a tudo que Elohim ordenara), em Betel e Dan, e por todo o Israel, ele se meteu em problemas com YAHVEH que mandou um Profeta profetizar contra ele(Melahim Alef/I Rs,, 12:28-30, 12:31-33). Logo depois, Jeroboáo e seus descendentes que ocuparam o Trono do Reino do Norte, RECHACARAM A TORAH, O PACTO DE YAHVEH COM O SEU POVO ELEITO. O Resultado imediato desse ato de desobediéncia: Israel do norte foi destruido em 725 a.M. (Melahim Bet/II Rs, 17:1-41), estando, sob promessa de restauracáo, esparcido e perdido entre as nacóes até os nossos dias!
Em 586 a.M., por causa dos pecados e desobediéncia ao Pacto de YAHVEH da Casa de Yahudá, Elohim permitiu que, náo só os judeus fossem escravizados pelos babilónios, a Babilónia (o Iraque de hoje, do Sadam Hussein, que se diz sucessor e da familia de Nabucodonozor), mas também que o PRIMEIRO TEMPLO, em Jerusalém, fosse saqueado (Melahim Bet/II Rs., 24:20-25:1-21). Mas já, cerca de 250 anos antes que esses acontecimentos proféticos ocorressem, YAHVEH levantou um Seu Profeta, Isaias, para dizer ao Seu Povo, que Ele, náo somente autorizara essa desgraca, como também ja levantara a “Ciro meu servo” para reconstruir o povo em Eretz Israel e o Templo(Yeshayah/Is. 44:28-4 5:l-7). Tudo por amor ao Seu Povo! E o que se passou mais?
No primeiro ano do seu reinado, Koresh/Ciro, Rei do Império Persa(o Iráo de hoje) passou um decreto em todas as nacóes que Elohim lhe entregara, testemunhando que YAHVEH, o Elohim do céu, “me deu todos os reinos na terra; e me designou para que edifique uma casa(Templo) em Yerushalayim/Jerusalém, em Yahudá” (Ezra/Esdras, 1:1-2). E reuniu a todos os cativos de Yahudá, debaixo da lideranca do Sacerdote/kohanim EZRA, e deu-lhes prata, ouro, provisiones, animas e oferendas voluntárias, para que subissem a Yerushalayim e reconstruissem o Templo destruido pelo tempo e por Nabucodonozor. E ordenou mais que as nacóes vizinhas ajudassem nessa obra! (Nosso espanhol-teólogo Martinez cré firmemente que o dominicano, naturalizado Sueco, Miguel Angel Sosa Vásquez – segundo o seu elenco de 12 propostas a Uniáo Européia-, vai, com os judeus, um Papa judeu, uma Igreja Ecumenica Mundial Protestante, todos formando uma Religiáo Mundial construir O TEMPLO JUDEU DE JERUSALEM, o terceiro! Logo o Templo profetizado por Ezequiel? Vocé, irmáo, cré que, diante desta evidencia Escritural relacionada com o Ohel Moed e o Primeiro Templo, YAHVEH iria permitir que hasatan fosse o construtor do Seu Templo? É improvável, náo? Sabe por que é improvável? Porque YAHVEH Elohim Tzavaot, sendo Eterno, “náo é homem para mudar ou mentir”e para mudar a Profecia que Ele mandou, com licenca do pleonasmo, profetizar!(Bamidbar/Nr., 23:19; Shemuel Alef/I Sam., 15:29). Se assim o é, o Martinez está em problemas, porque … parece…”hermeneuticamente”… louco, doidáo, confuso!)
7) “Este homem de pecado é o FALSO PROFETA, a SEGUNDA BESTA(destaque nosso) mencionada no Apocalipse, e ele fará que todo o mundo adore ao maior falso messias da História: A PRIMEIRA BESTA(sic).
Epa, Martinez, cuidado, muito cuidado! Meus irmáos, vocés tambem, tenham muito cuidado com o Apocalipse/Revelacáo de Yahshua a Yojanan/Joáo! Por que? Porque aquí, neste livro, estáo os principais oráculos, segredos ocultos, exotéricos, escondidos de YAHVEH sobre o Seu Plano de 7 mil anos para Redencáo do mundo e da humanidade. Por isso, a Revelacáo de Yahshua a Yohanan, seu discípulo e Emissário (Apóstolo), somente tem 10 por cento de revelacáo literal, de entendimento literal, que, em Cultura Hebraica, se chama Pashat. Os teólogos cristáos adoram interpretar literalmente o Apocalipse e, ai, se metem em problemas. Ou, entáo, eles váo e adotam o que chamam “interpretacáo espiritual”, mas náo sabem o que isso e nem desconfiam disso, porque isso ai vem do Tanak/Velho Testamento e, como eles rechacam a Torah, o Tanak vai junto para o fundo do baú do esquecimento. (Os estudantes de Teologia Cristá, meus colegas de Faculdade, nos tempos que fui desse sistema eclesiástico, eram sempre atacados de tremenda “soneira” e “preguiceira” nas aulas de disciplinas de Velho Testamento/Tanak Por que estudar velharias que náo vigoram mais?). Como resultado,os eles, os téologos, “ficam no mato sem cachorro” pensando que estáo com o maior “cáo de caca” do seu lado.
*texto versão autorizada pelo ministério Hora Mesianica.
_________________________________
Rabino-Emissário;Dr. José Paz e Silva(Mosheh Yosef Avshalom), és presidente e fundador do Ministério Mundial Nazareno Messianico SAR SHALOM,com sede na cidade de panamá-Rep. Do panamá. Fone para contato: (03195) 9112-4517
Postado por COMUNIDADE ISRAELITA NETZARIM BEIT LEVI SHALOM

Comentários