Raízes Hebraicas

Salmo 126 (Retirado da Biblia Cristã= Biblia de Jerusalém)
Quando ( יהו ה Yahweh) retirar o cativeiro de (Sion), flutuaremos como
se estivéssemos sonhando.
Então nossa boca se encherá de riso,e nossos lábios de gritos de alegria;
Então dirão entre as nações: Grandes coisas tem feito יהו הYahweh com estes.
Sim! Grandes coisas tem feito יהו הYahweh conosco; o gozo nos comoverá.
Ao retirar nosso cativeiro, oh יהו ה Yahweh , Como torrentes no Neguev.
Os que semeiam com lágrimas, com regozijo colherão.
Ao ir vá chorando levando a semente, ao voltar, volte cantando trazendo sua
preciosa colheita.

Birchot pela Restauração.

Abadíyah/Abdías 1:20 (Retirado da Biblia Cristã= Biblia de Jerusalém)
Os deportados, este exercito dos filhos de Yisrael, possuirão Kanaan até Sarepta,
e os deportados de Yahrushalayim (Jerusalém/Judá )que estão em Sefarad,
possuirão as cidades do Neguev.
: ( וגְ ל ת הַחל הַז ה לִב נ י ישרָאֵל אֲשר כ נ ענ ים עד צָר פ ת וגְ ל ת י ( 20
רושל ם אֲשר ב ספ ר ד | יר שו

Te ofereço יהו ה Yahweh meu Elohim e Elohim de meus pais, este escrito.
Concede a quem o leia, a Hessed de falar a Sabedoria que vem do
Teu trono e a Hessed/graça de despertar de seu sono e assimilar!
Aos que foram submetidos por séculos a este sistema de mentiras filosóficas Greco-
Romanas, sobre a identidade dos descendentes de Yisrael! E que estes possam
retornar alegres a seu legado; para que tendo entendimento creiamos, crendo amemos
e amando nos comprometemos todos Echad/Um/Unidade, para a restauração de tudo que
Yahweh T'sevaot/dos Exercitos nos deu, e que nós mesmos corrompemos!

Be Shem Rabi Melech י הושע
Em nome do Rabino Mestre e Rei Yahshua HaMashiach.


Esta historia real começou aproximadamente a quase 3755 anos conforme o calendário Hebraico o qual é o original com 360 dias, em uma região do Oriente Médio em uma cidade chamada , UR dos Caldeus (Mesopotânia).
Havia dentro desta cidade uma família entre tantas, porém esta família em especial é a que será protagonista da historia, esta família cujo patriarca se chamava Tareh, era adorador de ídolos e estudava as estrelas, eram realmente conhecedores de seus desígnios e portanto isto os identificava com o oculto, o satânico, o de nome mal, não é que o mal mostrava o que estava escrito nas estrelas, pois tudo está regido e controlado por YAHWEH, O Altíssimo. O mal radicava, e eles consultavam a elas para conhecer o futuro.

Havia dentro desta família um homem chamado (AVRAM/Abrão/Pai enaltecido) era filho de
TAREH , Tareh tomou a AVRAM e a sua nora Sarai e partiram, de onde pouco tempo depois
faleceu. Ao falecer o pai de Avram, este seguiu com suas praticas estranhas. Avram era um homem sincero e humilde de coração, e que ainda andava em praticas pagãs, ele pensava que estava atuando pelo lado do bem, porque assim havia aprendido de seus pais e de seus avós, etc.. E isto vinha de muitas gerações, enganando-o igual a seus antepassados, em cada pratica ele pensava que estava fazendo o bem, até que certa noite ao estar contemplando as estrelas viu uma enorme luz desprender-se do infinito e escutou uma voz potente como um trovão que o chamava por seu nome AVRAM “ Avram escutou, sai de tua terra e de tua parentela a terra que eu te mostrarei, farei de ti uma grande nação e te abençoarei e engrandecerei teu nome! Seras benção, e
abençoarei os que te bendizerem e amaldiçoarei os que te maldizerem e serão benditas em ti todas as linhagens(Famílias) da terra”. (Bereshit/Gênesis 12:1-3)
(1) ( ויַֹאמֶר י הו ה אֶל אבְר ם ל ך ל ך מֵאר צ ך ומִמול דתְך ומִבֵית אבִיך | אֶל הָאר ץ : ( 2
אֲשר
ארְאֶך
ואְֶעשך ל גוי ג דול ואֲַבָר כ ך ואֲַג דל ה שמֶך | והְֶי ה בְר כ
Aquela voz e aquelas palavras plenas de bondade e promessas moveram a Avram a crer, sem perguntar porque a mim? Mas simplesmente creu naquela voz e naquelas palavras, pois provinham de יהו הָ
יהו ה .( YAHWEH TSEVAOT (Tradução do Hebraico: YAHWEH dos exércitos)
Avram ainda que idolatra e cheio de costumes pagãos alcançou benevolência, bondade da parte de
יהו הYAHWEH, o nascido em UR dos Caldeus, parte do que hoje chamamos Iraque, não duvidou um só momento em obedecer aquela voz e aquelas palavras e se encaminhou para KANAAN (Canaan), ainda que confiando, porém as vezes com incerto respeito, como se poderia levar a cabo o cumprimento profético das palavras faladas por יהו הYAHWEH.

Parte da promessa era que o iria fazer pai de uma multidão de nações ( Tendo em conta que a promessa consta de seis aspectos principais: multidão de nações , te abençoarei, engrandecerei teu nome, serás benção, abençoarei a todos que te abençoarem , serão benditas em ti todas as famílias da terra, sendo que sua esposa Sarai era mulher estéril, ainda assim seu animo não decaiu nem sua confiança em( יהו ה YHWH/YAHWEH) diminuiu, senão, se manteve firme na promessa que através dele surgiria uma nação poderosa (para principiar) e por haver mantido sua confiança, ele(Yahweh) trocou o nome de AVRAM para (AVRAHAM/Abraão), que significa pai de uma multidão de nações como um selo conformativo da promessa anterior.

(Avraham/Abraão) andava com seu novo nome e com aproximadamente 100 anos e a 25 de haver saído de sua terra, sucedeu o milagre de que sua mulher Sarai( a quem de agora em diante chamaremos SARAH que significa princesa, pois também se lhe trocou o nome) teve um filho ao qual o chamaram (YTZCHAK/Izaque) (Bereshit /Gênesis 17:19) ויַֹאמֶר אֱלֹהִים אֲבָל שר ה אִשתְך
יל
דת ל ך בֵן ו קר אתָ אֶת שמו יצ חק | והֲַקמֹתִי אֶת בְר יתִי אִתו
tornando assim formar os primeiros passos do cumprimento profético, dando-lhe um filho do qual se começaria a ser cumpridas todas as promessas, não somente físicas mas também de (vida eterna/Olam Habá).

(YTZCHAK/Izaque) que por sua vez foi pai de (YA'AKOV/Jacó) a quem lhe trocou o nome por (YISRAEL/Israel) (Bereshit/Gênesis 32:28)
ויַֹאמֶר אֵל יו מַה שמֶך | ויַֹאמֶר י עקֹב: ( 29 ) ויַֹאמֶר לֹא י עקֹב י אמֵר עוד שמְך כ י אִם ישרָאֵל
.(Bereshit-Gênesis 37:27-28)
( ל כו ו נמְִכ ר נו ל י שמְעאל ים ויְ דנו אל תְהִי בו כ י אחינו בְשר נו הוא | ו י שמְעו אֶחיו: ) ( 27
28 ) ו י עבְרו
אֲנ שים מִדי נ ים סֹחר ים ו ימְשכו ו י עלו אֶת יוסף מִן הַבור ו ימְכ רו אֶת יוסף ל י שמְעאל ים
בְעשר ים
כ סף

Neste tempo que por sua vez foi pai de (YOSSEF/José) que com a idade de 17 anos foi vendido por seus irmãos na qualidade de escravo e foi levado a (Mitzrayim/Egito) onde depois de 13 penosos anos chegou a ser Governador de toda esta região, seguia na região onde habitavam seus pais e irmãos, e que depois de certo tempo , chegaram (Ya'akov/Yisrael) e sua família ao (Mitzrayim/Egipto), num total de 70 pessoas incluindo seus servos etc... Yossef seguiu sendo governador em (Mitzrayim /Egito) e tempos depois já quando Yisrael não podia enxergar bem por causa de sua idade e já quando sentia que seus últimos dias se aproximavam mandou chamar a Yossef, pois queria dar-lhe sua benção antes de falecer, ao chegar Yossef trouxe consigo a seus dois filhos (MENASHER/Manassés) o mais velho e (EFRAYIM/Efraim) o mais novo, ao dar-se conta que seus netos estavam ali, aproximou-se para dar-lhes sua benção. Pondo Yossef o mais velho a sua direta e o menor a sua esquerda conforme o costume oriental, porém ao por suas mãos sobre eles YISRAEL cruza os braços pondo sua mão direta sobre o menor e a esquerda sobre o maior provocando desgosto em Yossef, que ao ver isto trata de trocar a posição das mãos,mas seu pai não cede principiando assim as bençãos profetizando a MANASHER que através dele surgiria uma grande nação mas que através de EFRAYIM surgiria uma multidão de nações (Melo Ha Goyim).
(Bereshit/Gênesis 48: 17-19).
: ( ו י ר א יוסף כ י י שית אבִיו י ד ימְִינו על רֹאש אֶפ ר ים ו י ר ע בְעינ יו | ו יתְמֹך י ד אבִיו ( 17
לְהָסיר אֹתָה
מֵעל רֹאש אֶפ ר ים על רֹאש מְנ שה: ( 18 ) ויַֹאמֶר יוסף אֶל אבִיו לֹא כ ן אבִי | כ י ז ה הַבְכֹר שיםָ
ימְִינ ך
:על רֹאשו
Uma multidão de Nações através de Efraim? Você perguntará! Sim será nossa resposta, pois possivelmente talvez você pense, que somente uma Nação Surgiria de AVRAHAM e que esta nação é hoje conhecida como YISRAEL (Israel) a qual é a única com descendência hebraica.Pois se equivoca! Você descobrirá muitas surpresas.

A medida que se for desenterrando a verdadeira realidade deste povo, de uma Raça, que, ao passar dos séculos e dos milênios tem estado cumprindo e seguirá cumprindo as profecias e promessas feitas a EFRAYIM. Depois do falecimento de YISRAEL, o povo Israelita esteve no Egipto por 400 anos sendo em grande parte deles tratados como escravos e ao sair dali pelo poder de יהו
הָYAHWEH e a liderança de MOSHÊ (Moisés), perambulam por 40 anos no deserto as 12 Tribos de Israel, mas as medias tribos de MANASHER e EFRAYIM vão se encaminhando até a Terra prometida naquela Região, e prometida a AVRAHAM seu tataravô, o patriarca! Ao entrarem na Terra prometida os Israelitas pedem um Rei igual as demais nações ao redor deles, é concedido seu desejo, surgindo assim SHAUL (Saul) primeiro Rei de YISRAEL, depois foi sucedido por DAVID como segundo Rei.

Como terceiro SHLOMO (Salomão) o qual teve um bom principio, mas, um mal final, foi durante o Reinado de Shlomo que se cometeram muitos erros contra a vontade de Abba (Pai), que já para o quarto Rei se começaram a ver as conseqüências de sua desobediência, ao separar-se as tribos de YISRAEl, as 10 Tribos(Yisrael ou seja Efrayim) de Yahudah(Judá), e somente uma, a de Benyamin, permaneceu leal ao trono davídico, era o ano 930 aM. Yisrael foi convertido em duas nações, o Reino do Sul e o Reino do Norte (1 de Reis 11:31-32)
: ( ויַֹאמֶר ל ירָָבְעם קח ל ך עשר ה קר עים | כ י כֹה אמַר י הו ה אֱלֹהֵי ישרָאֵל הִנ נ י קֹר ע ( 31
אֶ
הַמַמְל כ ה מִי ד שלֹמֹה ו נתַָתִי ל ך אֵת עשר ה הַשבָטים: ( 32 ) והְַשבֶט הָאֶחד יהְי ה לו | לְמַען
עבְדי
דו ד ולְמַען י רושל ם הָעיר אֲשר בָחרְתִי בָה מִכֹל שבְטי ישרָאֵל
Assim se contam só 12 pois se haviam caído ao outro lado do YARDEN(Jordão), e agora as que haviam sido as medias tribos Menasher e Efraim, são contadas como tribos completas, dentro das 10 casas, agora chamado de Reino do Norte,Casa de Israel, casa de Yossef, casa de Efrayim, e tendo Samaria como Capital; assim se encontrava a tribo de EFRAYIM entre as dez casas, que logo veio a ser a tribo mais poderosa do reino do norte , por outro lado o Reino do sul Yahudah, também chamado casa de David, sendo Jerusalém sua capital. Foi assim o principio Desta divisão, que
tem permanecido até o dia de hoje. Como YISRAEL e YAHUDAH agora viviam separados pelo
principio da rebeldia de seus reis, uma separação não definitiva! Porque a próxima vez que se juntarem será para reinar justamente com o salvador do nosso planeta י הוש
YAHSHUA HAMASHIACH, juntos também aqueles que se arrependeram de seus pecados e aceitaram a י
הְושע YAHSHUA em seu coração.

No chamado Reino do Norte "Efraiym", começou a reinar (Yeroboam/Jeroboão) e tiveram em seu trono 19 Reis, no ano 725 aM é controlado e tomado cativo pela Assíria ,o Reino do Sul de igual maneira teve 19 Reis, perdurando em seu território por uns 350 anos.

A Babilônia destruiu e envio ao exílio o Reino do sul depois de duas invocações, vendo os Israelitas de Yahudah reino do sul,
com seus próprios olhos, como sua grande capital Jerusalém era destruída queimada e reduzida a escombros. ( 2a reis 18:9-12.) Isto se sucedeu, não sem antes, haverem sido advertidos por parte de יהו הYAHWEH em (DEVARIM/Deut. 4:15-35).
: ( ו נ שמַרְתֶם מְאֹד ל נפְַשֹתֵיכ ם | כ י לֹא רְאִיתֶם כ ל תְמונ ה בְיום דבֶר י הו ה אֲל יכ ם בְחרְ ( 15
ב מִתוך
:הָאֵש: ( 16 ) פ ן תַשחתון ו עשיתֶם לָכ ם פ סל תְמונ ת כ ל סמֶל | תַבְנ ית ז כ ר או נ קבָה
O cativeiro aconteceu pelo ano de 722 antes do nascimento de י הושע
YAHSHUA, ao serem levados cativos entre eles, ia ali a tribo de EFRAYIM a da promessa só uns poucos foram deixados em YISRAEL, daqueles que foram levados a Assíria depois de alguns anos partiram em sua grande maioria; a Sefarad hoje conhecida como Espanha, sendo a tribo de Efrayim o principal líder nesta separação, sucedendo isto aproximadamente 500 anos antes de י הוש YAHSHUA.

Já na Espanha destacaram-se nos negócios na sociedade, nas artes, nas ciências, como
conselheiros,medicina,nobres etc... Para isto 117 anos depois do cativeiro de YISRAEL, Yahudah cometeu o mesmo erro de Idolatria e foram levados cativos a Babilônia(hoje Iraque) (YERMIYAH 25:1-11= Jeremias 25:1-11)
הַדבָר אֲשר הָי ה על ירְמְי הו על כ ל עם י הודה בַשנ ה הָרְבִעית ל יהוי קים בֶן יֹאשי הו מֶל ך ( 1
י הודה
| הִיא הַשנ ה הָר אשֹנ ית לִנ בוכ דר אצ ר מֶל ך בָבֶל: ( 2) אֲשר דבֶר ירְמְי הו הַנבִָיא על כ ל עם
י הודה
ואְֶל כ ל יֹשבֵי י רושל ם ל אמֹר
por 70 anos depois de cumpridos, alguns regressaram para YAHRUSHALAYIM(Jerusalém)
arrependidos mas muitos deles em sua maioria se trasladaram para a terra de AZKENAZ (hoje conhecida como Alemanha) donde começaram a mesclar-se com gente daquela região e a multiplicar-se em grande maneira, foi ali onde surgiu a troca em sua pele, na cor de seus olhos,seus cabelos,etc. Por isto são chamados Judeus ASKENAZI são brancos em sua maioria, e os Israelitas que haviam partido para a Espanha estavam prosperando em grande maneira. Assim chegou י הושע
YAHSHUA o Salvador, e veio da tribo de Yahudah(Bereshit/Genesis49:8-11) cumprir com sua missão de salvação, mas o povo de YAHUDAH não o recebeu(Yochanan/João
1:11) em sua totalidade , pois sua missão era , para, as ovelhas perdidas da casa de YISRAEL (Matitiyah/Mateus 15:24) e não só os poucos que haviam saídos do reino do norte, mas também as que haviam partido em cativeiro cuja base principal se encontrava na Espanha (Romanos 15:24-29) foi onde tempo depois, assim, foi levada a palavra através de alguns de seus discípulos(Os Apóstolos),entre eles (Shaul -Paulo) já que para este tempo na Espanha alguns Israelitas começaram a adorar Ídolos cumprindo assim (DEVARIM/Deut. 4:27-28) algo que também teve o cumprimento com os Judeus em YAHRUSHALAYIM (Jerusalém) no ano 70 depois de י הושעYAHSHUA ,quando os Romanos destruíram o Templo e parte da cidade de YARUSHALAYIM, foi então que o povo de Yahudah foi desarraigado de sua terra e dispersados totalmente do reino do sul e começaram a chegar na Alemanha com os outros Judeus já existentes ali, mas também emigraram para a Espanha com os Israelitas daquela região ao chegarem na Espanha os (Yahudim-Judeus) começaram a mesclar-se com os Israelitas (Efrayim). Tempo depois começaram a chegar Yahudim(Judeus) procedentes da Alemanha, mas com um tipo
físico ruivo e olhos verdes ou azuis começando assim uma grande mescla que ainda perdura até hoje em dia na Espanha, e em alguns países que lhes mostraremos mas adiante.

Quando os dispersos de Yahudah depois do ano 70 chegarem na Espanha, os Israelitas já estavam ali aproximadamente 500 anos, portanto a população destes era bastante grande no pais dos Espanhóis ao ver que a raça era (Israelita + Judeus/Yahudah + Efraim) optaram por chamar-lhes (Yahudim/Judeus) a todos por igual, ate o dia de hoje os historiadores se confundem e chamam a Efraiym(Os israelitas das dez tribos) de Judeus. Coisa totalmente equivocada! Por que nos cumprimentos proféticos futuro, vemos claramente a diferencia de um para o outro(Yahudah e Efraiym) e ate mesmo o pai celestial faz esta distinção (YERMIYAH- Jeremias23:6-8) “Sejam uma só raça a Hebraica” A EFRAYIM o qual é YISRAEL, nas profecias toma a primogenitura diante do nosso pai celestial יהו ה YAHWEH, não só por sua grande maioria entre as nações, pois
são (Yishraelim ) Israelitas, que os (Yahudim-Judeus) tomando forma as bençãos de (Ya'akov-Jacó) sobre Efraiym “ Tua descendência formará uma multidão de nações (Bereshit/Gênesis 48:20-21). Os Israelitas na Espanha (Não se tem dados concretos da época da chegada dos judeus a Ibéria (cujo nome ao que parece vem do hebraico (Ivrit - hebreus), e cujo território compreende as nações da Espanha e Portugal), mas não ha duvida de que os Sefarditas, é a etnia mais antiga dos judeus da Diáspora.
Alguns historiadores nos remetem as fundações de cidades com nomes que ao que parece,
provieram do hebraico; tal é o caso de Sevilha (do hebraico Shehalá) e Málaga (do hebraico Malach kiryial = dos Salmos). Outros eruditos pensam que o título de Don, muito comum na Espanha para os cavalheiros e na Itália para os sacerdotes católicos, deriva do hebraico (Adon/Snhor.) Existe uma tradição que narra como o rei Salomão enviou a Adonirám arrecadador de impostos a Sefarad. Nas Sagradas Escrituras encontramos que o profeta Abdías (o nome original em hebraico é AbadYah) se refere aos sefarditas: “e aos deportados de Jerusalém que estão na (Sefarad)
possuirão as terras do Néguev” (Abdías 1,20) . São Jeronimo, na (In Isaim) , escreveu
que ao final do desterro na Babilônia, foi tal a alegria que a noticia da liberdade chegou até os judeus que viviam na Península.

Na época dos primeiros discípulos, (Shaul-Paulo) escreveu aos Israelitas de Roma,
explicando-lhes que iria passar na Espanha (Romanos 15, 24-28). Sem duvida que em sua viajem missionaria estava levando a Besorah(A boa Noticia: [B.C.]”N.T.”) a Comunidade Israelita-judaica-os Hebreus- As ovelhas perdidas da casa de Israel(Sefardita-Deportados.) E que sempre foram mais numericamente que os Judeus, porque tinham mais membros das 10 tribos e eram mais antigos nesta região. Ao passar dos anos quando tudo estava bem e parecia seguir assim para os hebreus, a quem de agora em diante chamaremos assim, aos já mesclados Israelitas e Judeus pois tinham prosperidade em todos os aspectos, começou contra eles a que seria a mais longa e implacável perseguição que culminou séculos depois, com a perseguição aos
(Yahudim/Judeus) na Alemanha( Por Hitler, que subiu ao poder auxiliado pela igreja católica, “o Papa”), estes seus perseguidores acabaram com nada mais nada menos que: Aproximadamente 6 milhões de Judeus, entre crianças, homens, e mulheres. A perseguição na Espanha começou ao redor de século XV, quando os reis de Espanha ao verem que suas arcas de tesouro estavam quase vazias, e como eles sabiam que “os hebreus”, que lhes chamavam de Judeus, eram demasiados ricos e poderosos, optaram por inventar algo soprado pela igreja romana em seus ouvidos, assim tirarlhes
suas propriedades e dinheiro, e desta forma voltar a encher suas arcas reais, a grande mentira que perdurou por vários séculos e se estendeu tempos depois por toda Europa, e depois por todo o planeta e perdura até os dias atuais, foi que os (Yahudim-Judeus) teriam sido os responsáveis pela morte de י הושע YAHSHUA, conhecido na Espanha como Jesus cristo; e assim começaram a levantar um ódio nacional primeiramente, e que depois surgiria a nível internacional, como veremos mas adiante; e desta forma ao serem os hebreus mortos, ou se quisessem eles sobreviverem teriam que deixar seus pertences ao pais, a coroa real; já neste tempo e já quase com 2000 anos na chamada Espanha, os (Yisraelim-Israelitas) junto com os (Yahudim-judeus) facilmente se poderiam contar como mas de 50 % da população na Espanha, e muitos deles já eram idolatras e convertidos ao catolicismo e a coroa do Rei, a grande maioria dos Hebreus permaneciam firmes em suas crenças (nota ;os reis da Espanha eram católicos fieis a Roma e suas crenças), assim que, ao começar a
perseguição contra eles, todos aqueles hebreus fieis a suas crenças ou não, com títulos de nobres ou não, ricos e pobres por igual todos eles, começaram a ser perseguidos e forçados a se converter ao catolicismo, e também forçados a consumir carne de porco, o qual é abominação diante do pai יהו
הָYAHWEH, porem eles deveriam aceitar senão morreriam juntamente com suas famílias, desta maneira, uns morreram outros aceitaram, e viveram; porem seus títulos lhes foram tomados em sua maioria.

Outros fugiram para Portugal, ou para outros países, outros trocaram seus verdadeiros nomes por apelidos, para disfarçar sua verdadeira raiz, outros trocaram seus nomes para serem aceitos dentro da sociedade católica espanhola, porem muitos deles aparentemente aceitaram o calotismo, e o faziam apenas para sobreviver pois o faziam da boca para fora, pois eles seguiam praticando sua verdadeira crença e Fé, as escondidas celebravam o dia de descanso (O Shabat, Sétimo dia da semana, o dia de Yahweh) para todo hebreu, pois é um dos mandamentos de יהו ה YAHWEH (Shemot/Exodo 20:8-9) E assim, muitos deles foram postos em carceres, outros fugiram para
Portugal, França etc. Para onde levaram seus novos apelidos; entre os que fugiram e foram deportados para Portugal, onde se encontravam os pais de um personagem que depois ficou mundialmente conhecido, e teve um papel muito importante no cumprimento profético de (Bereshit/Genesis 48:18-19), sua descendência era Israelita seu nome foi Cristóbal Colon (CristóvãoColombo) que foi um homem de valor, inteligente e muito bom marinheiro, este havendo ouvido rumores de uma nova terra sem exploração, e ao ver que sua própria gente os hebreus estavam sendo perseguidos na Espanha, optou por fazer algo para ajuda-los, mais não os colocou em luta contra a Espanha, senão usando sua inteligencia e vindo falar com alguns banqueiros hebreus em
Portugal, lhes explico o plano de explorar novas terras, para assim poder tirar seu povo das mãos da Espanha por causa da perseguição, foi desta forma que recebeu ajuda econômica, e não ajuda dos reis da Espanha como descreve a historia secular! Ao haver recebido esta ajuda dos hebreus Portugueses, deu o seguinte passo, foi conseguir as cartas de navegação das quais obteve com outros hebreus Portugueses; uma vez tendo os fundos econômicos e as cartas de navegação em seu poder, só faltava o transporte e a tripulação, assim pensou ir até a Espanha ter particularmente com
os reis e fazendo-se passar por católico (o que nunca realmente o foi), obteve seu objetivo enganando aos reis da Espanha, “Cristóbal Colon, depois de algum tempo lhe retiraram o título de almirante, pois descobriram que ele era um Judeu e os inquisidores o trouxeram acorrentado e o prenderam por ordem da Igreja”. Dizendo-lhes então Colombo que estava disposto a encontrar uma nova rota, as Índias; já neste tempo as arcas do tesouro real transbordavam por causa dos maravilhosos feitos dos hebreus, assim que conseguiu 3 embarcações com suas respectivas tripulações de aproximadamente 120 homens divididos entre as 3 embarcações, e estas tripulações
dizem que a maioria deles eram presos, gente chamada Indesejável, mais que por sua vez eram hebreus e igualmente os soldados que os acompanhavam, eram todos hebreus convertidos ao catolicismo, e que estavam a serviço da Espanha.

Logo da expulsão dos hebreus da Espanha, os Hebreus se dispersaram em correntes bem definidas. Uma delas, a que se instalou no Império Otomano e na Asia Menor, foi acolhida com benevolência. Outra, a assentou-se em Portugal, não ocorreu igual sorte. Más de trinta mil famílias se refugiaram o país lusitano, não só por sua proximidade, senão também pelas promessas de seus monarcas Don João II e Manuel; lhes ofereceram amparo e proteção a sua fé. Porém estes acordos não foram
respeitados e os judeus foram submetidos a conversões forçosas; a esta nova expressão de criptojudaísmo se chamou de: Cristãos novos.

Marginalizados socialmente, se lhes impediam de abandonar Portugal e começão a desenvolver uma vida dupla, exercendo em segredo sua antiga fé. Dado que a Inquisição se introduziu em Portugal cinqüenta anos mais tarde que na Espanha, esta tradição secreta Yisraelita/Judaica se transmitiam de pais para filhos. Em muitos casos, os filhos destes cristãos novos ingressavam ao clero, como os de Manuel Pereira Coutinho, cujas filhas eram monjas no Convento da Esperança em Lisboa e seus filhos como judeus em Hamburgo, com o nome de Avendanha, na península Ibérica se produz um novo acontecimento que marcará o destino dos hebreus conversos dos
próximos trezentos anos. Me refiro primeiro a expulsão, e logo a conversão forçosa dos hebreus de Portugal. Sucedeu que em 1496, o rei Don Manuel de Portugal deveria contrair nupcias com a princesa Isabel da Espanha, filha de Fernando e Isabel, os Reis Católicos Impõe ao rei Manuel, como condição para aceder ao matrimonio, a expulsão dos hebreus de Portugal.

O rei Manuel aceita o pedido de seus futuros sogros, e firma um mandato de expulsão dos hebreus, dando nove meses de prazo para a saída; mas logo se arrepende e lhes proíbe a saída e promove a conversão forçosa destes Hebreus. Os Hebreus são levados a pira batismal a força; e estes o fazem da boca para fora, se convertem em criptojudeus. Professam externamente o cristianismo, assistem as missas, se confessam, mas em segredo praticam a religião Yisraelita/judaica. Esperam pacientemente a oportunidade para sair de Portugal! Vejamos que qualidade de pessoas eram estes conversos forçosos Hebreus portugueses. Em 1492, quando ouve a expulsão dos Hebreus da Espanha, se calcula que uns 30% deles imigrou para Portugal, país
vizinho.

Pensavam que aos poucos, o mandato de Expulsão seria revogado e poderiam regressar a seus lugares. É importante ter em conta a ideologia destes Hebreus. Eram aqueles que preferiram deixar suas casas e trabalhos na Espanha, mas manter-se fieis a fé de seus pais . Eram firmemente crentes na lei de Moisés. Isto explica por que, ao serem forçados se batizarem, permaneciam professando sua fé em segredo.

Portugal, que já tinha experiencia na exploração oceânica das costas da África ate dando a volta ao cabo da Boa Esperança, começa também a exploração do Novo Continente, e é Fernando de Noronha, outro Hebreu converso, a quem o rei encomenda estas explorações.

Os reis da Espanha, imediatamente depois dos descobrimentos, aplicam leis raciais de limpeza de sangue, para obter as licenças para passar as Índias. Havaí que demostrar que o candidato não teria sangue de mouros e Hebreus entre seus antepassados por sete gerações. Se bem que muitas vezes estas disposições foram burladas, era difícil para os Hebreus conversos espanhóis passar a América.

Muito distinta foi a sorte dos conversos forçosos Hebreus de Portugal, durante a primeira metade do século XVI não tiveram impedimentos para ir as Índias, e de origem converso foi uma porcentagem importante dos primeiros Hebreus portugueses que povoaram o Brasil.

Cristobal Colon (Colombo) partiu do porto de Palos na Espanha naquele 3 de agosto de 1492 e subindo as costas, que hoje chamamos de San Salvador naquele 12 de outubro de 1492.

Colombo disse estas palavras:Por fim uma nova terra, no qual minha gente
hebréia poderá viver em paz e livre de perseguições e livre para praticar sua
Emuná (Fé) em יהו הYAHWEH, Cristobal Colon(colombo) dês do inicio de sua
inquietação, até haver ter tido exito, levando a cabo seus planos, nunca se imagino que estava sendo parte importante na profecia de (Bereshit/gênesis 48:18- 19), ao já haver descoberto o que conhecemos hoje como Continente Americano, empreendeu o regresso a Europa, principalmente a Portugal, para notificar a seus amigos Portugueses que o ajudaram a desenvolver esta viagem e depois dali a Espanha, com os reis, em segundo lugar, para assim fazer-lhes crer que havia ido as índias sabendo de antemão que não era assim, só aos hebreus em Portugal lhes disse a verdade.

É importante ressaltar que aqueles hebreus que adquiriram novos nomes e apelidos na Espanha, os tomaram o criaram conforme as circunstancias da natureza, e também das cores etc. Exemplo, se alguem vivia perto de um moinho seria família molina, ou bem outros como branco, moreno,preto verde, roxo, rios, roca, penha, pinha, etc.
De forma similar se algum hebreu tivesse adaptado um nome hispano, seu apelido seguiria sendo hebreu(exemplo) Ramiro Isaac seu filho não seria mas Jorge Isaac(exemplo) seria Jorge Ramires pois “es” significa “es Ramiro” mas também se aplica como filho o descendente de Ramiro já será com “s” ou com “z” porem o original é com “s”; exemplo com outros mais: como, Cortes, Peres, Rodrigues, Hernandes, Fernandes, Baes,etc. Todos terminavam com “s” depois se trocou ao chegar
a Portugal o “s” pelo “z”( Os apelidos sefarditas variavam segundo seu gênero.)
Assim por exemplo, para poder esconder um apelido bíblico, colocava-se um apelido relacionado com a natureza (Montes, Ríos, del Valle), com o oficio da família (Ferrero, Carnicer, Portero).

Porém a tendencia foi designar-se apelidos com a terminação EZ, que indica a origem: (Eretz Israel/Terra de Israel); Rodríguez, Sánchez, Pérez, Martínez), ou com a inicial (BEN que significa filho/Benavides, Benzaquén, Benítez). Também a tendencia era antepor ao apelido a sílaba AL,(que de certa maneira lhes identificava com os mouros/Álvarez, Alarcón, Albarracín, Almeida).

E não podiam faltar os apelidos relacionados com a Sagrada escritura. (Kadosh, Leví, Chávez, do ídish, shabes, que significa shabat).

E agora retornamos novamente a recém descoberta da nova terra, ao haver feito a conquista alguns deles, começam a tomar por mulher a algumas das nativas dessas regiões, não ha segurança, que Hernan cortes tenha posto o exemplo coma (nota), cortes era um Israelita convertido ao catolicismo, já para os primeiros 38 anos da conquista da nova terra hoje chamada republica Mexicana, havia 300 famílias hebraicas firmes e fieis a sua crença (ortodoxa) que mantenham seus costumes, seu
idioma, etc. E agora o fariam com mais liberdade pois por fim se havia acabado a perseguição ao menos por este tempo.

Como informação, sempre se vê o povo hebreu, bom para frutificar, ter muitos filhos, assim que imediatamente começaram a chegar, o pais de descendentes tanto os hebreus fieis como aqueles convertidos ao catolicismo, em fim todos com o mesmo sangue, porem com diferentes crenças e as quais aqueles convertidos ao catolicismo, se desviaram de suas raízes hebraicas de uma forma total, tanto que começaram a pensar que eram de raça Espanhola, como a maioria hoje em dia, em fim os hebreus (Yisraelim/Israelitas) e alguns hebreus (Yahudim/judeus), já misturado o sangue, viveram em paz por cerca de alguns 155 anos; novamente em 1647 o governo da Espanha começou um novo ataque contra eles, manipulado principalmente por Roma que temiam perder o controle do pais em todos os aspectos, pois sua multiplicação era em grande numero, igualmente sua economia, e com o mesmo pretexto, a Espanha começou contra eles a seguinte perseguição, para assim apoderar-se de seus bens acumulados, e colocar neles o temor para evitar que em um futuro, se levantassem contra
a coroa Espanhola pois o pais(México) estava controlado praticamente pela Espanha, porem em assuntos religiosos quem controlava era Roma, “a igreja católica”.

Ao começar a perseguição contra os chamados Hebreus/Yisraelitas ou judeus(Assim chamados pelas nações erroneamente, como vimos no começo deste artigo|) sucedeu-se o mais triste da historia, o que verdadeiramente comove, pois em 1647 a maioria dos habitantes na nova Espanha (hoje México) eram hebreus a serviço de Roma através da Espanha, e eles desconheciam suas verdadeiras origens(Sua raça Hebraica); a Espanha e Roma nunca lhes revelaram isto, e ao começar Roma e Espanha a perseguir aos hebreus fieis, utilizou, para levar a cabo seu macabro plano de extermínio, aos próprios hebreus católicos, através da chamada Santa Inquisição assim se lavaram as mãos de sangue inocente, derramando sangue de seus próprios irmãos hebreus chamados de judeus, os chefes e membros da Santa Inquisição eram ,repito de descendência hebraica!! e enganados, forçados, por um sistema humano pleno de ambição, desejosos de mais poder, e que nunca atendeu ao verdadeiro amor, um sistema com 2 caras, por causa da perseguição que duro aproximadamente até o ano de 1820, e durante esta perseguição muitos foram forçados a aceitar o catolicismo; assim igualmente na Espanha, outros mortos, outros presos, outros aceitaram só pela força da inquisição, porem escondidos eles seguiam com suas praticas secretas Yisraelitas/Judaicas
e uma forma usada para enganar a seus perseguidores era por ídolos católicos, em frente de suas casas e assim fazer parecer que eram fieis ao sistema católico, mais em seu interior seguiam com suas tradições fieis a palavra dos Escritos (Kadoshim/Sagrados/Puros) antigos. Outros, muitos deles fugiram aos montes principalmente, ao norte do México (o missionário Diego Durán expressava o
desalento de sua tarefa evangelizadora Católica sobre os índios, comparando-os com os judeus por que persistiam em retornar a sua antiga lei e moralidade: "E o que mas me força a crer que estes índios são de linhagem hebraica, esta estranha pertinência que tem em não desarraigar de si estas idolatrias e superstições, vendo e vivendo para elas, como se vê de seus antepassados".

Veja DURÁN, Diego. (Historia das Índias da Nova Espanha e Ilhas da Terra Firme, ed. de A.M. Garibay, México, Porrúa, 1967. ) donde permaneceram refugiados por algumas gerações sendo fieis a seus princípios ate que o poderio Espanhol- Romano se estendeu ate estes lugares, e começaram a conquistar-los e a controlar-los, com a religião católica; assim 95% se não 100% destes hebreus, terminaram convertidos ao catolicismo em todo o pais, perdendo idioma, costumes, etc.

Ate o dia de hoje eles desconhecem a realidade, a verdade, que eles pertencem a uma raça perseguida, uma raça a qual, se lhes levaram a crer que são latinos, quando não descendem de Italiano, de quem vem o latim, uma raça chamada hispana quando suas raízes genéticas não vem de espanhóis, uma raça que foi enganada e perseguida, se tem provado que hoje se chama, não apenas no centro das Amáricas como México e no sul, como Brasil ou Argentina etc... mais também é chamada de Hispano- América-Latina!!! para dar assim a (Bereshit/gênesis48:18-19) que através de Efraim surgiria uma multidão de nações (Melo Ha Goyim ). Uma figura revolucionaria muito apreciada e conhecida no México é o cura Miguel Hidalgo ou também Morelos (Hebreus , porém convertidos ao catolicismo) ambos se da conta que possuíram seu granito de areia igual a muitos, mas com raízes hebraicas, se levantaram contra a Espanha assim se deu inicio aquela revolução de Roma contra Espanha(religião contra politica) para assim poder lograr a independência do pais, mas não para beneficio do povo, e sim para que pudesse Roma ter controle absoluto do pais, em todos os termos econômicos, politico e Domínio dogmático etc. em fim , tudo isto demonstra que a luta pelo poder, dividiu, Roma e Espanha no México, depois no Centro e na América do sul, ambos os poderes queriam dominar estes países das Américas, por causa de suas ambições, mas Hidalgo, Morelos e muitos mais, sem darem conta de suas raízes hebraicas, estavam fazendo um trabalho a favor da profecia, para que esta tivesse seu
cumprimento.

Hoje em dia a raça Israelita/Yahudi/hebraica tem provado que seus descendentes
sendo os Yisraelitas/Efrayim e Yahudim/Judeus deportados, são aqueles mesmos do
reino do norte (Israel/Efrayim), e do reino do sul(Yahudah/Judá), hoje moradores, e
fundadores destes países formados da chamada Hispano-América-Latina .

Ao tomar Roma o controle do México, logo passa a chamada Independência sobre a Espanha, mas na verdade o seguinte regime se dá inicio através do catolicismo.
Roma demonstra sua conquista através de sua bandeira e logra colocar sua bandeira Italiana no México demostrando assim, que o México lhe pertencia (note a semelhança da bandeira da Itália e a do México, e só lhe puseram o simbolo da águia e a serpente para poder ficarem contentes os Mexicanos(hebreus Espanhóis), tudo isto foi posto na bandeira, só para que aquela gente não mentaliza-se que haviam sidos conquistados por Roma e mais uma vez evitar um futuro levantamento contra seu poder, um poder que durou só alguns anos, pois se este poder permanece-se indefinidamente,
jamais se poderia ter realizado o cumprimento profético, portanto para lograr-lo surge em cena um personagem que depois foi grandemente conhecido seu nome Benito Juarez[olha o (z) de descendência Hebraica), que foi um homem valente chegando a ser Presidente do México, para principalmente (sem dar-se conta) abolir o poder politico civil econômico e dando assim os primeiros passos da liberdade e credo através das leis de reforma, foi nesta forma que Roma tirou sua bota do colo dos (Mexicanos/Hebreus) e não mais controlando a uma grande porcentagem dos
Israelitas, através de sua religião; assim através do poder civil religioso controlou o México e a todos os países chamados Hispanos americanos e latinos.
Assim se cumpriu a profecia feita a Efraim! Hoje persiste o engano sobre a maioria
de seus habitantes, (Os hebreus diretos são 70 a 75 %) no Brasil são (de 35 a 40%)
enganados e odiando a seus próprios irmãos (Hebreus) Israelitas e judeus, meu desejo
é o chamado do criador em redirecionar, recapacitar, Israelitas perdidos entre as
nações, despertar e sair do meio dela(A perdição) porque o tempo de tua salvação
(Yeshuati)é chegado, saia do meio daquela que te enganou, que te perseguiu, que te
ultrajou, e que te escravizou com seus costumes pagãos.

Um dia hó Yisrael/Espano América Latina, tu dará conta de tua herança hebraica, se levantará de onde se encontra comendo alimento do inimigo, esta comida imunda(doutrina errónea de perdição) que é a idolatria e etc... Proibida por YAHWEH, e dirão, se somos Israelitas e temos um verdadeiro Pai que nos espera com os braços abertos, e nos quer dar seu alimento real Kasdosh, puro, limpo, de salvação e vida eterna; então diremos o que estamos fazendo aqui, nos levantaremos e iremos a Ele,
e lhe diremos, Pai temos pecado contra ti com idolatria!!Não somos dignos de ser chamados teus filhos (teu povo) e então já arrependidos, o Pai nosso (Abba יהו ה
Yahweh) poderá desculpar-nos e perdoar-nos através do sacrifício de seu filho amado YAHSHUA, assim fomos atraídos, nós [As ovelhas perdidas da casa de Yisrael] não ha outro como Ele!! Por que não ha outro nome dado aos homens em qual podemos ser salvos, mais somente em Nome de י הושעYAHSHUA HaMashiah(Hebraico original) conhecido como Jesus! Mas só em י הושעYAHSHUA esta a(Yeshuati)salvação ao aceitar a Ele e somente a Ele como “O caminho a verdade e a vida”

Você não terá nenhum problema para começar a desfrutar a vida eterna (Chai Olam) desde já aceite-o, arrependa-se, regresse, faça Teshuvá a casa do Pai e seja parte das grandes profecias que o Pai celestial יהו הYAHWEH deu para seu povo, que é Bendito para todo sempre, e farás parte do grupo que será levado ate a presença do Pai , Amem.

Nota final:
Os outros 25 ou 30% dos habitantes da chamada Espano América, e mais uma enorme porcentagem por cruzamento durante todos estes anos com os hebreus, a América latina também chega a mais da metade da população, mas o importante de tudo é que, a salvação é para todo aquele que queira aceitar sem distinção de raça! Amem.
Que יהו הYAHWEH tenha Rahamin (misericórdia) de todo aquele que lê estes escritos e lhe salve, e ao que é salvo lhe abençoe com mais revelações de sua Torah e o remova do Grego, o encaminhando ao Hebraico.
SHALOM.

Traduzido por Yochanan Fonseca
Corrigido por Priscila Fonseca

Comentários