Tribunal Celestial










Já de inicio digo,este tema é fundamental para refutar, combater, a ideia a crença a teoria da trindade.
Se todo mundo cristão ouvi-se e entende-se este tema dês do principio, não haveria surgido a doutrina da trindade.

Vamos começar; tem duas partes, a primeira parte vamos analisar uma passagem de Revelação/Apocalipse e a segunda parte vou passar uns escritos de Nehemia Gordon.

Vamos buscar no livro de Revelação ou galut, depende da versão que se use. Se querem acompanhar-me podem achar ai em suas escrituras.

OK, vou ler aqui de uma versão que se chama sagradas escrituras(Sword) poderia ser de qualquer outra versão mas eu gosto como esta versão traduz os versículos.


Vamos la! Revelação/Apocalipse; 4) Temos uma passagem bastante enigmática aqui, porque nela tem muitos símbolos/simbologia e muita gente tem dado a ela diversas interpretações.
Nesta passagem parece que da uma ideia que há
personagens/pessoas/homens nos céus, no qual é totalmente fora de contexto, porque nestas passagens não fala nada disso, então vamos ver porque!

Revelação cap.4)
Verso 1)Depois destas coisas eu olhei e vi uma porta aberta nos céus e a  primeira voz que ouvi era como de Shofar/Trompeta que falava comigo e dizia, sobe aqui e eu te mostrarei as coisas que é necessário que aconteça depois destas.(Quer dizer, que Yochanan/João foi convidado a subir  aos céus obviamente em visão, para que? Para presenciar coisas que irão acontecer no futuro.)
Verso2)Logo eu fui em espírito,(quer dizer em visão) e vi um trono que estava nos céus e no trono havia um sentado, aquele que estava sentado era semelhante a uma pedra de jaspe e de sardônia e um arco nos céus(Arco iris) estava ao redor do trono semelhante a um aspecto esmeralda. E ao redor do trono Havia 24 cadeiras e vi sobre as cadeiras 24 anciões sentados, vestidos de roupas brancas e tinham sobre suas cabeças coroas de ouro.
(Este seres não são pessoas como alguns interpretam, São seres celestiais! Estes são 24 príncipes celestiais! Tudo isso é simbólico! OK? Não é que existem 24 homens la nos céus, isso é uma visão! Estes 24 anciões são representativos das 12 tribos de Israel e dos 12 apóstolos de Yahshua(Isso é uma opinião pessoal minha)por isso não quer dizer que são pessoas, são 24 Príncipes celestiais!)
Verso 5) E no trono havia relâmpagos e trovões e havia sete lâmpadas de fogo que estavam ardendo diante do trono, nas quais são os sete espíritos de Elohim.[alguns interpretam que estes são o Espirito Santo; perguntaríamos, quantos Espíritos Santos existem? Aqui esta falando de sete espírito de Elohim, são os sete príncipes principais que há nos céus(isso eu vou mostrar em outra ocasião) Segundo a tradição Hebraica a sete Príncipe nos céus! Porque existem muitos príncipes nos céus!Por exemplo já mencionamos 24 príncipes celestiais(Os anciões sentados nas 24 cadeiras) e agora este são sete Príncipes principais(As sete lâmpadas que não param de arder diante do trono) segundo a tradição Hebraica.
Isso tudo Irmãos, é uma visão simbólica e esta descrevendo nada menos que o tribunal celestial.

Vamos continuar; e diante do trono havia um mar cor de vidro semelhante  ao cristal e ao redor do trono havia quatro animais cheio de olhos na parte da frente e na parte de traz(O  conceito da Igreja é; que nos céus não há animais e traduzem ai 4 seres viventes!)Se evadiram do conceito que estes são animais porque  para eles não é concebível existirem animais nos céus. Mas em Hebraico, diz não só nesta passagem mais também em outras passagens, que estes são quatro animais! São quatro- Chayot, diz em Hebraico Chayot/Animais e são animais fêmeas que representam o lado feminino do reino de Yahweh, claro que não são animais como os daqui da terra obviamente, são animais super, super inteligentes, cheios de olhos na frente e atrás, isso mostra que eles tem uma inteligencia, visão e domínio total de tudo,OK! O primeiro animal era semelhante a um leão, o segundo animal era semelhante a um bezerro e o terceiro animal tinha rosto como de homem e o quarto animal era semelhante a uma Águia voando. E os quatro chayot/animais tinham cada um, seis  asas e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos e não  cessavam nem de noite, dizendo: Kadosh, Kadosh, Kadosh é יהוה Elohim, Shadai, aquele que era, e que é, e que há de vir.(Estes não são animais como temos aqui na terra repito! São animais que falam! Pode ser que alguém pense que estas coisa são simbólicas, eu penso que as cenas são simbólicas, mas os elementos são literais!    '
9 E, sempre que os seres viventes davam glória e honra e ações de graças ao que estava sentado sobre o trono, ao que vive pelos séculos dos séculos,
10 os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava sentado sobre o trono e adoravam ao que vive pelos séculos dos séculos; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo:
11 Soberano, Digno és, de receber glória e honra e virtude; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade existiram e foram criadas(Irmãos isso nos transmite a mensagem que há um só ser supremo todo poderoso, criador dos céus e da terra que é Yahweh o Pai, porque é ele que esta sentado no trono, o pai!)
Então até agora não aparece o filho e tão pouco o Espírito Santo! Não é verdade? Veja que o Espírito Santo não aparece em toda esta passagem, somente aparece o pai e o filho, mas até agora só aprece o Pai.
Agora no capitulo 5) Disse, e vi na mão direita do que estava sentado sobre o trono, um livro escrito por dentro e por fora e selado por sete selos e vi um forte Anjo/Malach um mensageiro clamando em alta voz, quem é digno de abrir o livro e de dezatar seus selos? E Ninguém podia nem nos céus nem debaixo da terra, abrir o livro nem olhá-lo e disse-me um dentre os anciões, não chores; eis aqui o leão da tribo de Yahudá, a raiz de David(Isto é um titulo simbólico)que é digno para abrir o livro e desatar os sete selos.
6 Nisto vi, entre o trono e os quatro animais no meio dos anciãos, um Cordeiro, como havendo sido morto e tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Elohim enviados por toda a terra. (Agora aparece o filho aqui neste versículo, aparece de uma maneira simbólica, como se estive-se sido imolado, como aparece em outras versões.)E diz que este cordeiro tinha sete chifres, isto é um símbolo de poder pleno, o sete é símbolo de perfeição; corno/chifre é um símbolo de poder, força e autoridade, de modo que este cordeiro tem uma autoridade plena ou o poder pleno, ele disse antes de subir aos céus, toda a autoridade foi me dada nos céus e na terra. E os sete olhos? Quer dizer que ele tem todo o controle de tudo que acontece e que são os sete espíritos de Elohim enviados em toda a terra, quer dizer que isto é simbólico, eles são os sete espíritos, Príncipes celestiais enviados na terra.7 E veio e tomou o livro da mão direita do que estava sentado sobre o trono. 8 Logo que tomou o livro, os quatro Chayot/Animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles harpas e taças de ouro cheias de perfumes, que são as orações dos santos. 9 E cantavam um cântico novo, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os selos; porque foste imolado e com o teu sangue compraste para Elohim homens de toda linhagem, e língua, e povo e nação; (“Aqui algumas versões diz e revive a nós” mas, nos manuscritos Gregos mais antigos e na Peshita não diz isso, diz; e há redimido pessoas para Elohim de toda linhagem e povo e nação!) Isso é muito importante! porque, se o correto fosse nos redimiu! Então os 24 anciões seriam seres humanos! Nos manuscritos em Aramaico dos séculos dois e quatro diz: “ com o teu sangue compraste para Elohim homens de toda linhagem e língua e povo e nação”! Depois nos séculos treze e quatorze é que esta parte do versículo foi modificada, acrescentando também a palavra nós que não esta nos manuscritos antigos, nem nos manuscritos Gregos e nem nos Aramaicos ou Hebraicos. 10 e para o nosso Elohim os fizeste Reis e Cohanim; e eles reinarão na terra. 11 E olhei, e vi a voz de muitos anjos ao redor do trono e dos animais e dos anciãos; e o número deles eram milhões e milhões de milhões. 12 que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi imolado, de receber o poder e riqueza e sabedoria e força e honra e glória e bênção. 13 Ouvi também a toda criatura que estavam nos céus e na terra e debaixo da terra e no mar e a todas as coisas que neles há, dizerem: Ao que está sentado sobre o trono e ao Cordeiro, seja o louvor e a honra e a glória e o domínio pelos séculos dos séculos: 14 e os quatro seres viventes diziam: Amem. E os anciãos prostraram-se e adoraram ao que vive para sempre, aquele que esta sentado no trono.
OK.. até ai podemos dizer que o que foi mostrado aqui é uma descrição de certo modo simbólica do conselho/tribunal celestial, foi isso que percebemos ai através da leitura irmãos,Tem muito simbolismo ai! Tudo isso nos ensina nos mostra a mentalidade, o pensamento Hebraico, a respeito do Conselho/tribunal celestial, uma revelação que foi transmitida para os hebreus a cerca do tribunal/conselho celestial.
Mas agora vamos a coisas mais especificas e um pouquinho até mais profundas.
Mas antes de passarmos desta parte, vemos que ai não se menciona em nenhum momento nem se quer da uma ideia, nem se quer da um aviso, nem a ideia do Espírito Santo como pessoa. Sem embargo esta ai todo tribunal, o Pai sentado e respeitado no trono, o cordeiro a frente que representa o filho, os quatros Chayot/Animais que representam os quatros pilares do universo e do Reino, os 24 anciões que representam também o reino e todos os Malachim/Anjos/Mensageiros milhões e milhões este é o tribunal/conselho celestial.

A segunda parte fica para a próxima postagem.

Asamblea de Yahweh
Por: Moré Yosef Israelita Nazareno
Traduzido por Yochanan Fonseca.
 

Comentários